7º Roteiro do gestor: Construa coletivamente um modelo para observação de atividades

Neste encontro pedagógico, analise com os professores propostas relacionadas ao campo “Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações” e elabore em conjunto rubricas para avaliar e observar atividades

POR:
Sônia Guaraldo, Rachel Bonino
A proposta de reunião também traz uma sugestão de atividade para acolher os professores. Ilustração: Nathalia Takeyama/NOVA ESCOLA

O Roteiro de Formação desta semana propõe que o gestor peça a colaboração dos professores para, juntos, construírem um protocolo de observação e análise de práticas essenciais e transversais na Educação Infantil. 

“Envolver os professores na elaboração dos critérios de observação e desenvolvimento de propostas de tematização da prática ajuda a quebrar possíveis resistências, pois se sentem seguros quanto aos aspectos a serem analisados”, avalia a consultora pedagógica Sônia Guaraldo. Nem sempre é possível desenvolver todo o processo de construção de instrumentos com os professores. Ainda assim, alerta a consultora, é importante envolvê-los em sua análise e validação, como propõe este roteiro de reunião.   

A atividade descrita aqui faz parte de uma sequência de ações indicadas para o trabalho do gestor com sua equipe de professores no replanejamento de atividades para 2020.

Reunimos sugestões de ações detalhadas, materiais de apoio e plataformas variadas, num formato que pode ser usado na íntegra ou adaptado. Acesse as edições passadas da NOVA ESCOLA BOX para acompanhar o planejamento feito até aqui.

ROTEIROS DE FORMAÇÃO NA PANDEMIA - 7

Criando com a equipe um protocolo de observação de atividades


Navegue por todos os roteiros da Série Especial:

- 1º Roteiro do gestor: um encontro para recomeçar 2020 na Educação Infantil
2º Roteiro do gestor: Os direitos de aprendizagem na quarentena
- 3º Roteiro do gestor: Caminhos para fortalecer o contato com as famílias 

- 4º Roteiro do gestor: As interações e a brincadeira e os direitos de aprendizagem
- 5º Roteiro do gestor: Planeje com a equipe a comunicação com as famílias
- 6º Roteiro do gestor: Planeje atividades para estimular a comunicação das crianças

- 7º Roteiro do gestor: Construa coletivamente um modelo para observação de atividades
- 8º Roteiro do gestor: [em breve - disponível em 20/7]
- 9º Roteiro do gestor [em breve - disponível em 27/7]


Indicado para: Coordenadores e diretores da Educação Infantil

Objetivo da reunião: Construir colaborativamente roteiro de observação e análise de práticas 

Campo de experiência: Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações 

Duração da reunião: 2 horas

Leitura para gestores escolares:
- Texto Passo a Passo da tematização da prática, do site NOVA ESCOLA GESTÃO
- Capítulo 4, “Aprendendo a ver, desaprendendo a julgar”, do livro
Rodadas Pedagógicas - Como o trabalho em redes pode melhorar o ensino e aprendizagem, de Elizabeth A. City, Richard F. Elmore, Lee Teitel e Sarah E. Fiarman, da Editora Penso


Antes da reunião

1. Prepare o convite: Para promover o início desse trabalho, dispare convite para toda a equipe de educadores, por e-mail, aplicativo de mensagens ou por outro meio que seja usual entre vocês. Na mensagem, liste os assuntos do encontro – tema e objetivos da reunião.

2. Elabore uma avaliação: Use o Google Form ou outra plataforma de compartilhamento e dispare o formulário para que os professores avaliem os momentos de reunião pedagógica (baixe um modelo aqui ou ao final da matéria). É importante que contenha questões relacionadas à pertinência e aplicabilidade dos conteúdos trabalhados, como também das dinâmicas formativas. Deixe o link preparado para disparar no fim da reunião.

Durante a reunião

1. Apresente a temática a ser discutida: Convide todos para a plataforma síncrona escolhida e contextualize os objetivos da reunião.

2. Acolha os professores: Apresente cerca de dez imagens que remetam a paisagens, como cachoeira, ilha, vulcão, montanhas, por exemplo. Peça que indiquem com qual se identificam no momento e que justifiquem. Esta atividade tem como objetivo principal oferecer oportunidade para que os professores tragam suas inquietações, preocupações e outros sentimentos, de modo que possam se apoiar mutuamente. 

3. Divida os professores em grupos: Solicite que, a partir da análise dos planos de atividade abaixo, os professores identifiquem práticas essenciais e transversais no trabalho com a Educação Infantil, considerando os eixos interação e brincadeira, além dos direitos e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento. Ressalte que os planos indicados são apenas um exemplo em que podem se apoiar para o levantamento dos referidos saberes. Informe que o objetivo do levantamento das referidas práticas será a elaboração de um protocolo que orientará mais adiante uma proposta sobre observação das atividades das crianças. 

EI01ET06 – Plano: Brincadeiras nas cabanas 

EI02ET07 – Plano: Brincando com a história dos três porquinhos 

EI03ET07 – Plano: Realizando um campeonato de jogos  

3. Compartilhe os levantamentos sobre práticas essenciais e transversais: Após a discussão em grupo, peça que cada um exponha sua lista. Espera-se  que sejam levantados principalmente aspectos relacionados ao campo de experiência “Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações”.

4. Mostre um exemplo de instrumento de observação de atividades: Mostre aos professores um instrumento de observação de aula preparado previamente por você, contendo aspectos essenciais, que, na sua avaliação, contribuem para o desenvolvimento das práticas de Educação Infantil. Solicite a eles que o analisem e proponham contribuições baseadas nas discussões realizadas anteriormente no grupo. 

Abaixo, você pode conferir um exemplo de instrumento na forma de rubrica que poderá ser adaptado conforme o foco das observações.

BAIXE O ARQUIVO

5. Organize as colaborações: Após as discussões, sistematize as questões levantadas para a construção do instrumento de observação de atividades. Comprometa-se a realizar as adequações necessárias e a enviá-lo posteriormente a todos os professores.

6. Para terminar: Finalize a reunião solicitando aos professores que promovam as adequações nos planos apresentados para que possam ser desenvolvidos considerando o período de isolamento social. Informe ainda que no próximo encontro todos deverão promover a estruturação de uma análise das práticas a partir do instrumento construído. 

Ao final, disponibilize o link do formulário para avaliação do encontro, conforme este modelo.

Consultoria: Sônia Guaraldo, doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e consultora do programa Formar, da Fundação Lemann, mantenedora de NOVA ESCOLA. Foi coordenadora pedagógica e diretora de escolas públicas, e secretária de Educação de Birigui (SP), entre 2008 e 2016.

Tags

Guias