6º Roteiro do gestor: Planeje atividades para estimular a comunicação das crianças

Organize um encontro pedagógico com os educadores para elaborar e aperfeiçoar propostas de atividade relacionadas ao campo “Escuta, fala, pensamento e imaginação"

POR:
Sônia Guaraldo, Rachel Bonino
Nesta reunião, avalie as propostas de atividades junto com os professores. Ilustração: Nathália Takeyama/NOVA ESCOLA

O campo de experiência “Escuta, fala, pensamento e imaginação”, da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), destaca como situações cotidianas de comunicação são fundamentais para o desenvolvimento infantil. É por meio do impulso para dialogar e se fazer entender pelos outros que as crianças poderão “se constituir ativamente como sujeito singular e pertencente a um grupo social”, aponta o documento.  

Em tempos de isolamento social, as ações relacionadas a esse campo precisam ser valorizadas por meio da escuta de histórias, da participação em conversas, de descrições e de narrativas feitas individualmente ou em grupo por meio de linguagens variadas, como indica a Base. Esse Roteiro de Formação é direcionado para criação de atividades diante deste desafio atual.

Reunimos aqui propostas, materiais de apoio e plataformas variadas, em um formato que pode ser usado na íntegra ou adaptado. Acesse as edições passadas de NOVA ESCOLA BOX para acompanhar a sequência desse planejamento pedagógico.



ROTEIROS DE FORMAÇÃO NA PANDEMIA - 6

Planejando atividades para a comunicação das crianças


Navegue por todos os roteiros da Série Especial:

- 1º Roteiro do gestor: um encontro para recomeçar 2020 na Educação Infantil
2º Roteiro do gestor: Os direitos de aprendizagem na quarentena

- 3º Roteiro do gestor: Caminhos para fortalecer o contato com as famílias 
- 4º Roteiro do gestor: As interações e a brincadeira e os direitos de aprendizagem
- 5º Roteiro do gestor: Planeje com a equipe a comunicação com as famílias
- 6º Roteiro do gestor: Planeje atividades para estimular a comunicação das crianças

- 7º Roteiro do gestor: Construa coletivamente um modelo para observação de atividades
- 8º Roteiro do gestor: [em breve - disponível em 20/7]
- 9º Roteiro do gestor [em breve - disponível em 27/7]


Indicado para: Coordenadores e diretores da Educação Infantil

Objetivo da reunião: Planejar sequência de atividades com foco no campo de experiência “Escuta, fala, pensamento e imaginação” para o período de isolamento

Duração da reunião: 2 horas

Ferramentas:
- Plataforma de interação síncrona (Zoom, Microsoft Teams, Skype)
- WhatsApp, para criação de grupos de trabalho

Leitura para os gestores e professores:
- Texto Na Educação Infantil, comunicação com família é chave para manter criança aprendendo na quarentena, do site Porvir
- Releitura das diretrizes do campo de experiência “Escuta, fala, pensamento e imaginação” e dos objetivos de aprendizagem listados para o campo de experiência “Escuta, fala, pensamento e imaginação” em relação às crianças pequenas.


PASSO A PASSO

Antes da reunião

1. Prepare o convite: Para promover o início desse trabalho, dispare convite para toda a equipe de educadores, por e-mail, aplicativo de mensagens ou por outro meio que seja usual entre vocês. 

2. Liste os assuntos do encontro: Deve conter o tema e os objetivos da reunião, além da indicação da leitura prévia do conteúdo sobre o campo de experiência “Escuta, fala, pensamento e imaginação” e os respectivos objetivos de aprendizagem.

3. Crie um formulário on-line e envie aos professores: Peça que descrevam nesse formulário suas principais dificuldades na adequação das atividades para o período de pandemia. Use o Google Form ou outra plataforma de compartilhamento e dispare o formulário para que os professores avaliem os momentos de reunião pedagógica. Importante que contenha questões relacionadas à pertinência e aplicabilidade dos conteúdos trabalhados, como também das dinâmicas de formação. Deixe o link preparado para disponibilizá-lo ao final da reunião.

Durante a reunião

1. Apresente a temática a ser discutida: Convide todos para a plataforma síncrona escolhida e contextualize os objetivos da reunião. Abra a palavra para que alguns se manifestem sobre sentimentos e expectativas em relação ao momento vivido.

2. Inicie a reunião: Disponibilize para todos o texto “Na Educação Infantil, comunicação com família é chave para manter criança aprendendo na quarentena”, do site Porvir. Dê um tempo para que os professores façam uma leitura individual. Em seguida, promova uma discussão em grupos, propondo o levantamento de soluções para categorias de problemas criados a partir das dúvidas levantadas. A Atividade pode durar 20 minutos. Crie um arquivo compartilhado por meio do qual todos poderão ter acesso ao resultado das discussões. Em seguida, promova o compartilhamento das ideias levantadas pelos grupos. Informe aos professores que você fará uma sistematização com base nas informações registradas pelos grupos e que disponibilizará na pasta compartilhada.  

3. Proponha o planejamento de atividades para “Escuta, fala, pensamento e imaginação”: Inicie a proposta de planejamento apresentando rapidamente os aspectos que caracterizam o campo de experiência “Escuta, fala, pensamento e imaginação” e peça aos professores que planejem uma sequência de atividades orientada por objetivos de aprendizagem desse campo de experiência. 

Para apoiar os professores, disponibilize a sequência de planos de atividade de NOVA ESCOLA História das Famílias, que contempla os objetivos do campo de experiência para crianças pequenas. Para as demais faixas etárias, pode-se buscar entre os planos de atividade outras opções

Recomende aos professores que o planejamento deve incluir orientações para as famílias e os recursos necessários, considerando a situação de isolamento social.

4. Reflita com a equipe sobre as propostas: Após o tempo definido para planejamento em grupo, apresente aos professores um quadro de avaliação das atividades para estimular reflexões sobre os planos criados. Disponibilize tempo de leitura e análise individual em arquivo compartilhado. Solicite aos professores que registrem suas impressões. Ao final, promova uma discussão a partir das modificações propostas e comprometa-se a fazer as adequações necessárias.

BAIXE O ARQUIVO

5. Fechamento da reunião: Proponha aos professores que compartilhem seus planos e, com eles, o instrumento de avaliação com a finalidade de obter contribuições de todo o grupo. Esclareça que você também compartilhará individualmente seu parecer, antes da aplicação das atividades. Ao final, disponibilize o link da avaliação, baseada neste modelo.



Consultoria: Sônia Guaraldo, doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e consultora do programa Formar, da Fundação Lemann, mantenedora de NOVA ESCOLA. Foi coordenadora pedagógica e diretora de escolas públicas, e secretária de Educação de Birigui (SP), entre 2008 e 2016.

Tags

Guias