15 planos de aula para estudar vírus e vacinas no ensino remoto

O aprendizado começa já no 1º ano quando as crianças aprendem a importância de lavar as mãos e continua até tratar de imunização e epidemias

POR:
Camila Cecílio
No ensino remoto de Ciências, é importante pensar em estratégias que coloquem os alunos no centro da aprendizagem   Crédito: Getty Images

Em tempos de pandemia, fake news e desinformação, uma das principais missões do estudo da microbiologia é formar alunos detentores de conhecimentos, que possam ser utilizados em prol da informação, de ações efetivas no controle de doenças e no bem-estar social. É o que defende Cíntia Diógenes, professora de Ciências e consultora-especialista do Time de Autores Nova Escola. “O ensino de Ciências está muito ligado aos aspectos sociais e precisamos pensar sobre como esses conceitos chegam aos alunos e como usam essas informações em prol do bem-estar social não só dele, mas do meio ao qual está inserido.”

Para ajudar os professores a provocar reflexões em seus alunos, NOVA ESCOLA selecionou 15 planos de aula sobre microrganismos, com aplicação do 1º ao 8º ano do Ensino Fundamental. As aulas são alinhadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e estão adaptadas para o ensino remoto. Além disso, todas as atividades colocam os estudantes no centro do processo de aprendizagem - o que, para Cíntia, é o ponto mais importante dos planos. 

Assim como acontece em sala de aula, para colocar as atividades em prática, o professor precisa pensar em estratégias que fujam do tradicional, que é o caso de aulas expositivas com vídeos longos para que os alunos assistam e façam uma tarefa na sequência. O ideal é optar sempre por atividades instigantes que envolvam os estudantes e os coloquem como pesquisadores desde cedo e, sempre que possível, tenham um aspecto mão na massa. 

Cíntia cita o plano de aula O que são vírus como um bom exemplo. Nele, a professora faz uma relação entre o vírus microorganismo e o vírus do computador, assunto familiar no dia a dia dos alunos maiores. “É algo que faz sentido para os alunos, é significativo para eles e, ao mesmo tempo, gerará um novo conhecimento”, afirma.  

Confira a seguir a lista de planos de aula para tratar de microorganismos:

Lavar as mão para evitar doenças
Indicado para: 1º ano, Ciências
Esse plano fala sobre a importância da higiene das mãos, contemplando a habilidade de Ciências Naturais (EF01CI03) - Discutir as razões pelas quais os hábitos de higiene do corpo (lavar as mãos antes de comer, escovar os dentes, limpar os olhos, o nariz e as orelhas etc.) são necessários para a manutenção da saúde. A habilidade não será desenvolvida em sua totalidade nesse momento, de modo que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

A história das gotinhas e das agulhadas
Indicado para: 2º ano, História
Nesse plano, o objetivo é compreender a importância da vacinação ao longo do tempo. Considerando que as crianças estão em processo de alfabetização, você pode compartilhar um arquivo de áudio. Se elas já estiverem alfabetizadas, compartilhe o texto com as perguntas da atividade, escritas todas em maiúsculo. Envie as questões para as crianças, usando Whatsapp, Telegram ou outra ferramenta digital de comunicação que os alunos conheçam e possam manusear sozinhos.

O que são vírus?
Indicado para: 4º ano, Ciências
Nesta aula, serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com uma das habilidades de Ciências. Esta pode ser considerada uma aula inicial, antecedendo os planos Prevenção da transmissão de vírus e Vírus e vetores, pois introduz o conceito de vírus. Para começar, a ideia é gravar um vídeo curto para sua turma grupo, inserindo todo trabalho sugerido nos slides 2 e 3 do “contexto”. Partilhe a questão disparadora "Por que a causa de alguns problemas no computador pode ser chamada de vírus?", de modo a deixar o grupo curioso e peça para que registrem suas hipóteses. Em se tratando da Pandemia de Covid 19, essa aula pode ser muito rica.

O mundo invisível dos vírus

Aproveite o assunto sobre o novo coronavírus para aprofundar as discussões com seus alunos e instigá-los a investigarem e entenderem o universo dos vírus. Confira um e-book que pode te ajudar a preparar essa aula e ter as principais respostas sobre o tema.

Prevenção e transmissão de vírus
Indicado para: 4º ano, Ciências
Esse plano de aula traz como proposta de atividade o reconhecimento de vírus como transmissores de gripes e de que forma se dá o contágio. Para favorecer o desenvolvimento da habilidade com os alunos, recomenda-se, anteriormente, realizar a atividade proposta no plano de aula O que são vírus?. Para atender ao objetivo proposto neste plano, as intervenções do professor serão elementos-chave para o desenvolvimento da postura investigativa que se espera dos alunos como protagonistas da construção dos conhecimentos. Assim, fique atento às questões sugeridas e sinta-se à vontade para ampliá-las, conforme a dinâmica escolhida.

As ações nocivas das bactérias
Indicado para: 4º ano, Ciências
A proposta dessa aula é reconhecer algumas enfermidades causadas por bactérias. Para contextualizar a turma, envie o vídeo proposto no slide 2 para os alunos via Google Classroom, WhatsApp ou email. Envie também um formulário Google com as questões sugeridas. Para que seu trabalho seja otimizado, crie o formulário com questões fechadas. Grave um vídeo curto e insira a questão disparadora "Por que precisamos nos preocupar com as bactérias?". Peça aos alunos que registrem sua hipóteses e as discutam no momento em que toda a turma estiver reunida para a aula remota.

Conhecendo os protozoários
Indicado para: 4º ano, Ciências
Aspectos que fazem parte do trabalho com uma das habilidades de Ciências da Natureza serão abordados neste plano. Você observará que a habilidade não será contemplada em sua totalidade e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes. Portanto, esta pode ser considerada uma aula inicial, pois introduz o conceito de protozoários.

Imunidade: as defesas de nosso organismo
Indicado para: 4º ano, Ciências
O objetivo de aprendizagem a ser trabalhado nessa aula é identificar as formas naturais do corpo de combater as enfermidades, reconhecendo a importância da saúde para a manutenção da imunidade nos organismos. A proposta de atividade tem o intuito de introduzir alguns conceitos sobre a imunidade inata do organismo. Esta pode ser considerada uma aula inicial, antecedendo o plano de aula Vacinas: reforços à imunidade dos organismos.

Vacinas: reforços à imunidade dos organismos
Indicado para: 4º ano, Ciências
O objetivo aqui é compreender a forma da ação das vacinas nos organismos e sua importância na prevenção de doenças, reconhecendo a contribuição dos avanços científicos na promoção da saúde pública. Para começar, faça uma videochamada com sua turma, inserindo todo o trabalho sugerido nos slides 2 e 3 do “contexto”. Depois, faça os questionamentos e ouça suas respostas dos alunos. Partilhe a questão disparadora "Qual é a importância da vacinação?" e peça aos alunos que levantem hipóteses para respondê-la.

Saneamento básico e qualidade de vida
Indicado para: 4º ano, Ciências
Relacionar algumas doenças à falta de saneamento básico, reconhecendo a importância do saneamento para a qualidade de vida e associando-o às políticas públicas de prevenção e promoção de saúde é o objetivo de aprendizagem desta aula. A atividade proposta inclui a leitura e análise de um infográfico com o ranking das coberturas de água e esgoto por estados, abrindo espaço também para falar de desigualdade e políticas públicas.

Descobrindo a vacina
Indicado para: 7º ano, Ciências
O objetivo de aprendizagem abordado nesse plano é identificar as principais etapas e tecnologias envolvidas na produção de vacinas. Na aula, são trabalhadas duas competências: (EF07Cl10) Argumentar sobre a importância da vacinação para a saúde pública com base em informações em como a vacina atua no organismo e o papel histórico da vacinação para a manutenção da saúde individual e coletiva e para a erradicação de doenças e; (EF07Cl11) Analisar historicamente o uso da tecnologia, incluindo a digital, nas diferentes dimensões da vida humana, considerando indicadores ambientais e de qualidade de vida.

Conhecendo as vacinas: nossas cadernetas
Indicado para: 7º ano, Ciências
Nesse plano, o objetivo é descrever a função e a importância da caderneta de vacinação. Para fazer isso à distância, você precisará organizar a turma em grupos de 3 a 5 estudantes e proporcionar um meio de comunicação entre eles, disponibilizando um link para videoconferência ou criando um grupo em aplicativo de mensagens. Neste primeiro momento, oriente os estudantes, com a ajuda das famílias, a analisarem a caderneta de vacinação e compararem com as cadernetas dos integrantes do grupo. 

Imunização: a vacina no organismo
Indicado para: 7º ano, Ciências
Ainda sobre vacina, essa aula tem o objetivo de explicar a ação da vacina no organismo tendo como base a compreensão da resposta básica do corpo às infecções virais e bacterianas. O plano de aula não faz parte de uma sequência fixa, mas poderá ser melhor aproveitado se for trabalhado também com o plano A tecnologia na produção das vacinas.

Epidemias: fatores ambientais e vacinação
Indicado para: 7º ano, Ciências
A ideia dessa aula é relacionar as vacinas como importante meio de combate às epidemias associadas às mudanças de fatores ambientais. Para desenvolver o tema, organize a turma em 6 grupos e proporcione um meio de comunicação entre eles, disponibilizando um link para videochamada (videoconferência) ou criando um grupo em aplicativo de mensagens. Sorteie um desafio e envie os materiais, disponíveis na aba “materiais e atividades”, para cada grupo. Oriente os grupos a solucionarem o desafio a partir de uma análise do material que foi enviado.

A rota das epidemias pelo mundo

Esse tema não fica restrito nas aulas de Ciências ou Biologia. Se você é professor de História, por exemplo, pode levar a discussão por outro olhar e ajudar os alunos a relacionar as epidemias pelo mundo com as dinâmicas de circulação de pessoas e mercadorias. Em Nova Escola Box sugerimos um caminho para isso! Entenda mais abaixo:

Os riscos da não vacinação
Indicado para: 7º ano, Ciências
Enumerar os riscos da não vacinação por meio do reconhecimento do efeito da imunidade de grupo em uma população. Esse é o objetivo de aprendizagem desse plano, que pode ser desenvolvido à distância depois que os alunos assistirem ao vídeo sugerido no passo a passo. Na sequência, proponha uma discussão a partir da questão disparadora: "Quais são os riscos da não vacinação?".

O combate ao HPV é desde cedo
Indicado para: 8º ano, Ciências
O objetivo de aprendizagem desse plano é defender a importância da vacinação contra o HPV entre os adolescentes e identificar possíveis consequências do contágio pelo vírus. Na BNCC, a habilidade trabalhada é: (EF08CI09) Comparar o modo de ação e a eficácia dos diversos métodos contraceptivos e justificar a necessidade de compartilhar a responsabilidade na escolha e na utilização do método mais adequado à prevenção da gravidez precoce e indesejada e de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST).

Tags

Guias