Atividade: Entendendo a resenha crítica a partir de um livro sobre fake news

Um passo a passo de como trazer uma obra sobre notícias falsas para uma aula de Língua Portuguesa do 5º ano

POR:
Camila Cecílio
Trabalhe a resenha crítica em texto e em vídeo com os alunos. Ilustração: Nathalia Takeyama

Se você usa as redes sociais com alguma frequência é provável já ter se deparado com publicações afirmando que a vacina da gripe aumenta risco de adoecer por coronavírus. Ou que o feijão abençoado por uma igreja cura o vírus. Ou, ainda, que máscaras doadas pela China estavam contaminadas. Sabe o que essas mensagens têm comum? Todas são notícias falsas divulgadas na internet no contexto da pandemia. 

Pensando nisso, Rosemary Aparecida da Silva, professora de Língua Portuguesa e autora no Time de Autores NOVA ESCOLA, adaptou um plano de aulas sobre resenha crítica para o momento atual. “Pensei em abordar as fake news devido à necessidade de desenvolver nos alunos, desde cedo, o espírito crítico junto com a consciência necessária para o uso ético de aplicativos de mensagem e divulgação de  informações”, explica. 



ATIVIDADE: RESENHA CRÍTICA DE UM LIVRO SOBRE FAKE NEWS

Ajude os alunos a compreenderem o gênero e debaterem os riscos envolvendo a disseminação de notícias falsas


Indicado para: Turmas do 5º ano 

Materiais: Acesso à internet e plataformas de aula on-line (Google Meets, Classroom, Zoom, Microsoft Teams); grupos de alunos no WhattsApp ou Google Chat; e-mail; lista de links de materiais indicados de referência e material para escrita (caderno, lápis, borracha, documento no Drive ou Word).

Na BNCC: EF15LP01, EF15LP02, EF15LP02, EF15LP03, EF05LP15, EF05LP16, EF15LP02, EF15LP03, EF05LP15, EF05LP16

PASSO A PASSO

1. Faça um aquecimento com a turma: Diga aos alunos que esta atividade discutirá a importância de expressar e ouvir opiniões. Para iniciar, durante uma aula síncrona, apresente a imagem deste link ou indique o link para que os alunos abram o conteúdo. Em seguida, proponha uma breve conversa sobre a importância da consciência de cada um ao compartilhar informações sobre cuidados com a saúde neste momento. Você pode propor algumas questões que estimulem um debate sobre a disseminação de notícias falsas e a relevância de se buscar fontes confiáveis neste momento. 

PONTO DE ATENÇÃO 1: Esse momento é importante para encorajar as crianças a expressarem a opinião e a ouvir o pensamento divergente com respeito, além de construir argumentação para fundamentar seu ponto de vista. Explique que há textos oralizados e escritos em que as pessoas expressam sua opinião sobre filmes, livros, brinquedos, espetáculos, shows, etc. e que esse gênero textual é chamado de resenha crítica.

PONTO DE ATENÇÃO 2: Caso haja alunos que possam participar da aula apenas de forma assíncrona (alunos e professor não estão conectados ao mesmo tempo) é possível gravar um pequeno vídeo apresentando a imagem e as questões propostas para encorajar as crianças a refletirem sobre a importância de expressar sua opinião e respeitar a opinião dos outros. O vídeo pode ser enviado aos alunos pelo WhatsApp, por e-mail ou Classroom. Nesse caso, é importante orientar que a criança registre seu pensamento para partilhá-lo pelo canal de comunicação que estiver utilizando.

2. Estimule o olhar crítico: Diga aos alunos que eles farão a leitura de uma resenha crítica sobre o livro Esquadrão Curioso: Caçadores de Fake News, do autor Marcelo Duarte. Depois assistirão a um vídeo com a resenha crítica do mesmo livro. Encoraje os alunos a levantarem hipóteses a partir da leitura do título do livro resenhado, com perguntas relacionadas ao assunto, a forma como ele interfere na vida das pessoas, os motivos para se ler ou assistir a uma resenha crítica e quais são os possíveis leitores desse gênero textual, entre outras.

Nessa mesma etapa, explique, de forma síncrona ou assíncrona, que a resenha crítica é um gênero textual no qual o autor apresenta o material resenhado (neste caso o livro Esquadrão Curioso: Caçadores de Fake News ), faz uma crítica e o recomenda ou o rejeita. A resenha crítica apresenta uma análise e um julgamento de um filme, livro, apresentação teatral, apresentação de dança, show, games, programa de TV, com o objetivo de convencer o leitor/espectador a conhecer ou não, na íntegra, a obra resenhada. A resenha crítica pode ser escrita ou em vídeo; no caso da resenha divulgada em forma de vídeo, ela é escrita primeiro para depois ser gravada.

3. Proponha uma discussão sobre o tema abordado: Agora, é importante retomar com os alunos, de forma síncrona ou assíncrona, uma conversa sobre o assunto da obra resenhada: fake news. Algumas sugestões de perguntas para debate:  O que são fake news? Por que é importante falar sobre esse assunto? De que maneira fake news podem afetar a sua vida e de uma outra pessoa? O que fazer para não repassar fake news? Para os alunos que participam da aula de forma assíncrona, encaminhe as questões para reflexão por WhatsApp, e-mail ou Classroom. 

4. Peça para cada aluno registrar suas observações: Após a leitura da resenha crítica escrita, peça para os alunos registrarem no caderno ou em documento no Google Drive ou no Microsoft Word suas observações (veja os principais pontos abaixo). Após os registros, oriente-os a fazerem correções necessárias e escreverem em suas palavras o que sabiam sobre resenha crítica e o que aprenderam com a atividade. 


A resenha crítica escrita:

a) Nome do material resenhado:

b) Apresentação do livro (breve resumo):

c) Pistas que indicam o posicionamento do autor em relação à obra resenhada (demonstra ser favorável ou desfavorável ao livro):

d) Recomenda ou rejeita:

As duas resenhas críticas:

e) A resenha crítica escrita e a mostrada no vídeo apresentam opiniões diferentes em relação ao material resenhado? Explique.

g) Na sua sua opinião, qual das resenhas foi mais convincente: escrita ou em vídeo? Por quê?


5. Discuta sobre a importância de saber reconhecer uma informação falsa: Oriente os alunos a acessarem o site do Ministério da Saúde e lerem sobre a verificação de fake news relacionadas à Saúde, especialmente sobre o Coronavírus. Essas informações falsas circularam em aplicativos de mensagem. Após a leitura é importante conversar com os alunos sobre a importância de verificar a veracidade daquilo que se compartilha em aplicativos de mensagem e como as fake news promovem a desinformação e impedem o desenvolvimento do espírito crítico.

Incentive os alunos a expressarem sua opinião sobre o que leram, pergunte se acreditariam nas mensagens falsas e se as repassariam, caso as tivessem recebido. Estimule a expressão de opiniões sobre a importância de identificar fake news. Após a conversa, peça um registro escrito sobre o que sabiam sobre fake news e o que aprenderam sobre o tema. 

7. Indique um jogo sobre fake news: Se considerar pertinente, indique aos alunos o jogo Interland, do programa “Seja Incrível na internet”, criado pelo Google, que ensina crianças de 7 a 12 anos a reconhecerem notícias falsas divulgadas na internet.

Tags

Guias