1º Roteiro do gestor: um encontro para recomeçar 2020 na Educação Infantil

Conheça estratégias para coordenadores e diretores iniciarem a reavaliação dos conteúdos programados para o ano letivo

POR:
Sônia Guaraldo, Rachel Bonino
Veja como fazer a primeira reunião de replanejamento de 2020. Ilustração: Nathalia Takeyama/NOVA ESCOLA

Passados mais de 60 dias de fechamento oficial das escolas no país, um dos desafios dos gestores é avaliar como as instituições podem se replanejar para garantir que as competências e áreas de conhecimento prioritárias contidas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) sejam atendidas neste ano letivo.

Pensando nessa tarefa, a equipe da NOVA ESCOLA se mobiliza para apoiar os profissionais da Educação. Além dos conteúdos destinados aos professores, também teremos este espaço voltado para dar suporte aos gestores escolares – coordenadores pedagógicos e diretores. Os Roteiros de Formação reunirá sugestões de atividades detalhadas, materiais de apoio e referências bibliográficas, num formato que pode ser usado na íntegra ou adaptado. 

Os roteiros foram preparados pela especialista Sônia Guaraldo, doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e consultora do programa Formar, da Fundação Lemann, mantenedora de NOVA ESCOLA.

Este primeiro roteiro abre uma sequência que durará o mês de junho inteiro, empenhado na tarefa de refletir sobre o replanejamento dos conteúdos da BNCC. Acompanhe abaixo como coordenar o início das atividades com a equipe sobre este tema.



ROTEIROS DE FORMAÇÃO NA PANDEMIA - 1

Primeiros passos para o replanejamento de 2020


Navegue por todos os roteiros da Série Especial:

- 1º Roteiro do gestor: um encontro para recomeçar 2020 na Educação Infantil
2º Roteiro do gestor: Os direitos de aprendizagem na quarentena
- 3º Roteiro do gestor: Caminhos para fortalecer o contato com as famílias 

- 4º Roteiro do gestor: As interações e a brincadeira e os direitos de aprendizagem
- 5º Roteiro do gestor: Planeje com a equipe a comunicação com as famílias
- 6º Roteiro do gestor: Planeje atividades para estimular a comunicação das crianças

- 7º Roteiro do gestor: Construa coletivamente um modelo para observação de atividades
- 8º Roteiro do gestor: [em breve - disponível em 20/7]
- 9º Roteiro do gestor [em breve - disponível em 27/7]


Indicado para: Coordenadores e diretores da Educação Infantil

Objetivo da reunião: Início dos estudos para replanejamento das atividades com a BNCC

Duração da reunião: 2 horas

Materias e ferramentas:
- Plataforma de interação síncrona (Zoom, Microsoft Teams, Skype, Google Meet)
- Ferramenta de produção conjunta de textos do Google Drive

Leituras prévias para os gestores:
Página para gestores dentro do site na NOVA ESCOLA sobre a BNCC

Leituras para gestores e para professores:
- E-book BNCC para a Educação Infantil
- Página especial sobre os campos de experiência da Educação Infantil na BNCC


PASSO A PASSO

Antes da reunião 

1. Faça um convite aos educadores: Para promover o início de um trabalho coletivo de replanejamento das atividades, dispare convite para toda a equipe de educadores, por email, aplicativo de mensagens ou de outra forma que seja usual entre vocês.

2. Prepare os professores para participar: Este convite deve conter o tema e os objetivos da reunião (Início dos estudos para replanejamento das atividades com a BNCC) e ainda recomendação de atividades para preparar o educador para a reunião. São elas:

- Releitura das orientações sobre as 10 competências gerais para a Educação Básica, além dos conceitos dos cinco campos de experiência para a Educação Infantil, que constam na BNCC.
- Produção de lista de perguntas-chave sobre principais dúvidas que tiverem sobre como se daria este replanejamento para esta etapa de ensino.

3. Proponha uma reflexão disparadora: Para fechar, peça ainda que o educador prepare uma resposta para uma reflexão: Quais desafios você enfrentará para garantir a aprendizagem de todos os alunos? As respostas devem ser enviadas ao gestor antes de reunião. O tempo estimado para reunião pode ser de, no máximo, 2 horas de duração.

Durante a reunião

1. Comece introduzindo o tema da reunião: No dia da reunião remota, convide todos para a plataforma escolhida e explique que aquele encontro será o primeiro, mais abrangente, e que depois haverá outros, para discussões mais especificas.

2. Ouça os professores e crie uma nuvem de palavras: Reserve um momento, logo no início da reunião, para ouvir as primeiras impressões e sentimentos do grupo. Um recurso interessante é a criação de nuvem de palavras, em que cada um digita uma palavra e ao final forma-se a nuvem com os sentimentos/impressões. Uma plataforma sugerida  é a Wordclouds, site gratuito que permite gerar uma nuvem de palavras com formas variadas. Basta copiar e colar as palavras e depois escolher o formato em que elas ficarão. Depois de criada, a nuvem pode ser salva como PDF, por exemplo, e ficar registrada para consultas posteriores.

3. Reflita sobre a BNCC e o replanejamento: Faça uma reflexão geral sobre alguns princípios importantes presentes no texto da BNCC de Educação Infantil (como o educar e o cuidar, a valorização das interações e brincadeiras e os seis direitos de aprendizagem e desenvolvimento, por exemplo), e incentive os professores a contribuírem (por mensagem ou participando oralmente) sobre esses princípios.

4. Relembre o PPP da escola: Retome brevemente os principais objetivos e metas da escola que constam do Projeto Político Pedagógico (PPP), sinalizando que, apesar dos desafios vividos no momento, é preciso garanti-los em sua essência. 

5. Socialize as reflexões dos professores: Na sequência, apresente as principais questões levantadas pelo grupo a partir das respostas dadas à pergunta sugerida para reflexão (“Quais desafios você enfrentará para garantir a aprendizagem de todos os alunos?”). Mostre-as divididas por categorias (por exemplo, questões ligadas à recepção dos alunos, readaptação das crianças bem pequenas e pequenas ao ambiente escolar, reorganização das atividades programadas, comunicação com as famílias etc.).

6. Organize a equipe em grupos de trabalho: Divida os docentes pelas categorias e solicite que façam um refinamento desses temas. Este trabalho pode ser viabilizado por meio de ferramenta que permitem a produção conjunta de um texto, como o Google Drive, ou em grupos de Whatsapp, por exemplo.

7. Levante a priorização dos temas: Peça que os grupos socializem a priorização dos temas levantados e intervenha, se necessário, retomando o compromisso da escola. 

8. Defina um cronograma: Ao final, organize a definição de datas das próximas reuniões, tanto das gerais — com toda a equipe para discussões de temas que envolvem todo o coletivo — como das individuais com cada professor.

9. Encaminhe o fechamento da reunião: Organize os temas debatidos pelos grupos em um grande mural que possa ser acessado por todos a qualquer momento. Uma sugestão é organizá-los em uma grande tabela a ser compartilhada com toda a equipe, e que permite complementações a qualquer momento (Google Drive). A planilha pode ser um guia das próximas reuniões.



Consultoria: Sônia Guaraldo, doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e consultora do programa Formar, da Fundação Lemann, mantenedora de NOVA ESCOLA. Foi coordenadora pedagógica e diretora de escolas públicas, e secretária de Educação de Birigui (SP), entre 2008 e 2016.

Tags

Guias