4 ideias para criar um produto final com os seus alunos

Confira algumas possibilidades acessíveis para lançar para o mundo as produções dos alunos

POR:
Paula Salas
Ilustração: Duda Oliva

Não é necessário gastar muito dinheiro para que as produções finais dos alunos não fiquem engavetadas. No entanto, é preciso levar em consideração os suportes mais adequados para os gêneros textuais e orais trabalhados com os alunos. Separamos quatro ideias de suportes acessíveis para publicar as produções de um projeto, colocando-as para circular: 

  • Blog ou site contam como um produto? Claro que sim! No entanto, é preciso ter em mente que os alunos participem do desenvolvimento da página. Nada de fazer isso sozinho e entregar um site pronto para os alunos! Ao criar um produto digital, é possível aproveitar a oportunidade para trabalhar com noções de periodicidade, estabelecendo uma grade de programação, como ocorre em qualquer site na web.
  • E quando o suporte seria originalmente impresso? Existem plataformas digitais, como o Issuu, que permitem publicar gratuitamente arquivos em PDF e oferecem uma navegação que simula o folhear de páginas de uma revista ou de um livro. Assim, é possível fazer o trabalho de formatação e dar a cara que o material teria se fosse impresso. 
  • Que tal os alunos produzirem o material? Não é preciso gastar com uma publicação profissional dos materiais. Por exemplo, ao fazer uma zine ou um cordel, os próprios estudantes podem fazer a produção do produto físico, desenhando e montando os cadernos.
  • O que acha de fazer um financiamento coletivo? Outra possibilidade é arrecadar o dinheiro necessário para viabilizar a produção do produto final. Um livro sobre a história local do bairro, ou que conte as narrativas orais dos moradores mais velhos de determinada região, pode receber apoio dos moradores locais.