Paula Salas Jornalista formada na Faculdade Cásper Líbero. Trabalhou em uma startup de comunicação, na Diretoria Regional de Educação e hoje faz parte da equipe do site. Se apaixonou por Educação ainda na escola quando foi educadora voluntária por três anos em um projeto de EJA. É venezuelana, vegetariana e apaixonada por cultura pop.

Por onde começar a estudar para concurso?

POR:
Paula Salas
Crédito: Duda Oliva

Olá, tudo bem? 

Sempre fui a pessoa que chegava antes da prova e explicava para toda a sala. Para estudar na minha casa, sou adepta do resumo escrito a mão com (muitos) post-its coloridos.Tenho uma boa memória visual. Durante uma prova, consigo visualizar a folha de caderno com os papéis coloridos indicando a resposta. Claro que essa sou eu e a minha experiência de estudo. Cada pessoa tem uma forma mais eficaz para estudar. O que funciona para você?

Depois que comecei a trabalhar, vi o quão difícil é ter uma boa rotina de estudos com o dia a dia da faculdade e do trabalho. Estudar para concurso é essa situação elevada a mil. Sem dúvidas, conciliar tudo é um grande desafio. Por isso, conversei com especialistas para entender quais caminhos são possíveis. Eles também deram dicas de como organizar os estudos para concurso

Uma das coisas que me chamou a atenção foi entender como o cérebro aprende e utilizar isso a seu favor. Alfred Sholl-Franco, professor de Neurobiologia na UFRJ, dá dicas de como extrair o máximo dos estudos do ponto de vista da neurociência. E adverte: pular refeições, não dormir ou deixar de se divertir mais atrapalha do que ajuda no processo de aprendizagem. É preciso de equilíbrio.

Não podia deixar de indicar...
Toda semana, entre as mais lidas dos sites, estão as matérias sobre os pensadores da Educação. Por isso, se você está estudando para concurso, não deixe de conferir os materiais sobre o que pensava Henri Wallon, Vygotsky, Paulo Freire, entre muitos outros nomes da Educação.

Um abraço, 

Paula Salas 
Repórter de NOVA ESCOLA