Paula Peres Jornalista pela Universidade de São Paulo (USP), trabalhou com Educação antes mesmo de entrar na faculdade e foi educadora voluntária do Projeto Redigir por quatro anos. Nasceu no Capão Redondo, periferia de São Paulo, é feminista, pagodeira e tem sempre uma piada na ponta da língua. Gosta do cheiro de escola, café e pipoca.

Adoro máquina de escrever, mas não dá para carregar no bolso

Na newsletter de hoje, uma reflexão sobre a tecnologia e a Alfabetização

POR:
Soraia Yoshida

Tudo bom?

Quem aí se lembra da máquina de escrever? Certamente na sua escola houve um tempo em que a secretaria não sobrevivia sem uma boa Remington ou Olivetti. Eu sou do tempo em que as pessoas faziam curso de datilografia para aprender a digitar (muitos empregos dependiam dessa habilidade, veja só), o que me dá orgulho por ser capaz de responder a alguém sem ter de olhar para o teclado – e sem errar.

Hoje as máquinas de escrever viraram artigo de luxo retrô e os teclados virtuais é que nos ajudam a enviar mensagens, escrever e-mails e até criar memes. As crianças assistem vídeos e até têm suas primeiras experiências com o alfabeto nesses equipamentos. Aí vem a questão: será que daqui a pouco a Alfabetização também vai passar pelo celular? Na reportagem

“Como a tecnologia está mudando a Alfabetização” você vai encontrar algumas respostas e muitas reflexões para entender como o professor nunca vai deixar de ser importante nesse processo. Leia o texto na íntegra.

E por falar em Alfabetização, a professora Mara Mansani mostra como explorar a imaginação das crianças no processo de Alfabetização ao usar papel e lápis para jogos e brincadeiras. As brincadeiras despertam o potencial da aprendizagem e esse conhecimento adquirido vai acompanhar os pequenos pelo resto de suas vidas. Veja quais são as brincadeiras e como usá-las na sua escola.

Últimos dias para compartilhar suas práticas

A Rede Conectando Saberes, que está presente em todo o território nacional, está organizando o 1º Edital Conectando Boas Práticas. A ideia é reunir projetos pedagógicos que estão dando certo e que vão integrar um banco de boas práticas, acessível a todos os professores, coordenadores pedagógicos e diretores escolares de todo o país. Para inscrever a sua prática e divulgar para amigos, basta acessar este link. Mas atenção: o prazo final é no dia 22 de setembro. Boa sorte!

Muito obrigado e até mais

Soraia Yoshida
Editora de Nova Escola e Nova Escola Gestão

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias