Compartilhe:

Jornalismo

Papo sério: o que fazer quando a intimidação é contra o professor

PorPaula Peres

29/08/2019

Crédito: Duda Oliva

Olá!

Somos líderes de um índice que não traz nenhum orgulho: o de violência contra professores. 12,5% dos nossos docentes afirmaram ter sido vítimas de agressões verbais ou intimidações de alunos.

As intimidações contra os professores podem acontecer por meio de comportamentos inadequados, ridicularização dos alunos, boatos espalhados na comunidade escolar. As redes sociais, por exemplo, podem, infelizmente, ser um meio que potencializa esse tipo de ação.

Diante dessa realidade, como enfrentar e combater esse tipo de violência na escola? É sobre isso que nossa colaboradora Ana Carolina D’Agostini escreve em sua coluna semanal sobre saúde mental. Confira aqui!

Alfabetização

Hoje eu fui visitar a turma de 2º ano da Mara Mansani, que escreve sobre Alfabetização em Nova Escola. Quanta energia tem aquela turminha! Depois de três horas de fotos, eu estava exausta. E olha que nem dei aula! O que me fez pensar que os professores têm demandas de energia que a gente nem imagina, como o tanto de barulho que ouvem o tempo todo, todos os dias.

Quem está acostumado com trabalhar em escritório nem imagina quanto barulho faz uma escola. Este conteúdo ajuda os professores a prevenirem problemas de audição que podem ser causados, justamente, pelo barulho excessivo. Não deixe de ler!

E, ainda sobre a Mara, essa semana ela escreveu sobre as “malas pedagógicas”, uma proposta que requer o envolvimento das famílias para cumprir as tarefas que os alunos levam em suas “malas” (que podem ser pastas ou sacolas). Entenda melhor como funciona neste texto.

Um abraço,

Paula Peres
Repórter de NOVA ESCOLA

continuar lendo