Paula Peres Jornalista pela Universidade de São Paulo (USP), trabalhou com Educação antes mesmo de entrar na faculdade e foi educadora voluntária do Projeto Redigir por quatro anos. Nasceu no Capão Redondo, periferia de São Paulo, é feminista, pagodeira e tem sempre uma piada na ponta da língua. Gosta do cheiro de escola, café e pipoca.

Diretor, a escola é você?

POR:
Paula Peres
Crédito: Duda Oliva

Olá!

Semana passada, o diretor José Marcos Couto Júnior voltou lá para a França dos séculos 17 e 18 para relacionar a história do rei Luís 14 com o papel do diretor na escola. Mania de historiador é relacionar fatos históricos com tudo, né?

Brincadeiras à parte, o que José Marcos explica nesse texto é que a postura absolutista do diretor, de achar que deve resolver tudo por conta própria, de acordo com os próprios valores, é prejudicial. Desculpe a crueldade, diretor, mas

você não deve ser o sol da sua escola. “Ser gestor tem muito a ver com compreender as condições onde se está inserido através de uma escuta ativa e apurada. Afinal, a escola não é só minha”, diz José Marcos. Para entender como abrir a sua gestão para a participação de todos, leia o texto na íntegra. E, aqui neste conteúdo, você pode ver uma lista com nove sugestões de como dar esse primeiro passo.

Curso ao vivo

Um dos fatores para que a gestão democrática aconteça, de fato, na escola é o envolvimento dos pais e responsáveis pelos alunos. Sabemos que a comunicação pode ser complicada. Muitas vezes, os responsáveis não comparecem à reunião, não respondem aos bilhetes e só vão na escola para reclamar de alguma coisa. Como estabelecer essa parceria na Educação Infantil? Já fizemos uma reportagem sobre os (fundamentais) combinados com os pais na etapa. Amanhã, a partir das 19h, vamos conversar sobre outras maneiras de inseri-los no dia a dia da escola. Saiba mais e inscreva-se aqui.

E por falar em gestão…

Precisa reformar um espaço da escola mas não sabe como nem para quem pedir verba? Este conteúdo te explica tudo o que você precisa saber em nove passos.

E se sua prática inspirasse outro professor?

A Conectando Saberes, uma rede de professores apoiada pela Fundação Lemann, mantenedora de Nova Escola, lançou um edital para construir um banco de dados com práticas transformadoras para inspirar os professores e gestores do Brasil. Quem pode compartilhar suas experiências? Professores, com práticas pedagógicas; coordenadores, com projetos de formação continuada; e diretores, com projetos políticos pedagógicos. As inscrições podem ser feitas até 9 de setembro. Clique aqui para saber mais.

Um abraço e até amanhã,

Paula Peres
Repórter de NOVA ESCOLA

Tags

Guias

Tags

Guias