Passeios no estado de São Paulo

POR:
NOVA ESCOLA
Guia de passeios culturais no Brasil
Museu de Arte de Sao Paulo. Foto: Gilberto Marques

MASP

O mais importante museu de arte do país já está com mais de 60 anos. Que tal visitar seu acervo permanente, com telas de Rafael, Picasso, Cézanne e Renoir, entre outros?

Como ir Ele fica na Avenida Paulista, 1.578, São Paulo, SP. Trianon é o metrô mais próximo. Abre de terça a domingo, das 11h às 18h. Quintas, das 11h às 20h.

Informações tel. (11) 3251-5644, site:  www.masp.art.br.

 


 

Pinacoteca de São Paulo. Foto: FERNANDO GARDINALLI

Pinacoteca

A especialidade deste museu é a arte brasileira produzida até o século 19. Mas obras de artistas modernistas também estão lá. O lugar mais disputado pelos visitantes, porém, costuma ser o átrio reservado às esculturas em bronze dos franceses Auguste Rodin e Emile-Antoine Bourdelle.

Como ir

Trem e metrô são as melhores opções. A Pinacoteca fica na Praça da Luz, 2, São Paulo, SP, e funciona de terça a domingo, das 10h às 18h.

Informações tel. (11) 3324-1000, site: www.pinacoteca.org.br.

 


 

Sala São Paulo. Foto:mario rodrigues

Sala São Paulo

Inaugurada em 1938, a antiga estação de trens Júlio Prestes virou um complexo cultural cuja estrela é a Sala São Paulo - sede da Orquestra Sinfônica do Estado (Osesp).

Como ir Este é outro programa na região central de São Paulo - Praça Júlio Prestes, 16. A estação de metrô mais próxima também é a da Luz. Funcionamento da bilheteria: de segunda a sexta, das 10h às 18h; aos  sábados, das 10h às 16h30, ou até o início da apresentação. Domingos e feriados, duas horas antes do concerto.

Informações tel. (11) 3223-3966, site: www.salasaopaulo.art.br.


Museu da Língua Portuguesa. Foto: Luciano Bogado

Museu da Língua Portuguesa

Em vez de paredes, vozes. No lugar de quadros ou esculturas, instalações interativas. Assim é o Museu da Língua Portuguesa, um espaço que combina arte e tecnologia para surpreender o público, apresentando a ele, da maneira mais lúdica possível, a riqueza, os mistérios e o encanto da nossa língua materna.

Como ir O museu ocupa três andares da Estação da Luz, na Praça da Luz, s/nº, São Paulo, SP. A bilheteria abre de terça a domingo, das 10h às 17h, e o museu, das 10h às 18h. Não abre às segundas.

Informações tel. (11) 3326-0775, site: www.museudalinguaportuguesa.org.br.

 


 

Centro Cultural Banco do Brasil. Foto: Daniela Toviansky

Centro Cultural Banco do Brasil

Neste edifício de arquitetura neoclássica, construído em 1901, funcionou a primeira agência do banco na capital paulista. Hoje, ele abriga salas de exposição, teatro e cinema - além de restaurante e café com internet. A programação cultural é intensa.

Como ir O Centro Cultural Banco do Brasil fica na rua Álvares Penteado, 112, São Paulo, SP. Sé e São Bento são as estações de metrô mais próximas. Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 20h.

Informações tel. (11) 3113-3651, site:  www.bb.com.br/cultura.


 

Itaú Cultural. Foto: Frederic Jean

Itaú Cultural, SP

O prédio deste instituto também é espetacular - um dos belos exemplos de arquitetura contemporânea que São Paulo tem a oferecer. Lá dentro, duas boas - e gratuitas! - surpresas: o Museu Herculano Pires, com coleções de moedas, medalhas e condecorações, e uma midiateca, com livros, DVDs e outras mídias.

Como ir O Itaú Cultural fica na Avenida Paulista, 149, São Paulo, SP. Brigadeiro é o metrô mais próximo. Funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 20h. Sábados,domingos e feriados, das 11h às 20h.

 

 


Parque Estadual da Cantareira. Foto: Rafael Cusato

 

Cantareira

Com área equivalente a mais de 7 mil campos de futebol, o Parque Estadual da Cantareira é uma das maiores florestas urbanas nativas do mundo. Vale a pena visitá-lo para desfrutar de uma das melhores vistas da cidade de São Paulo - proporcionada pelo mirante da Pedra Grande -, conhecer espécies típicas da Mata Atlântica, como o jacarandá-paulista, observar saguis e uma grande variedade de pássaros.

Como ir O núcleo mais frequentado do parque é o Pedra Grande, com acesso pela rua do Horto, 1.799, São Paulo, SP. Há outros dois núcleos: Engordador (acesso pela rodovia Fernão Dias) e Águas Claras (na divisa entre São Paulo e Mairiporã).

Informações tel. (11) 6231-8555, site: www.saopaulo.sp.gov.br/conhecasp/turismo_parques_estadual-cantareira.

 


 

Paranapiacaba. Foto: Ricardo Benichio

Paranapiacaba

Construída a partir de 1860, em plena Serra do Mar, esta vila abrigou os operários da antiga estrada de ferro São Paulo Railway. Paranapiacaba fica no município de Santo André, na Grande São Paulo. É interessante fotografar as casinhas de madeira trazidas da Inglaterra e visitar os museus locais.

Como ir Siga pela via Anchieta até o quilômetro 29. Então, as rodovias SP-148, SP-31 e SP-122 irão levá-lo até a vila.

Informações tel. (11) 4439-0237, site: www2.santoandre.sp.gov.br/page/1599.

 


 

Serra da Bocaina. Foto: Mario Rodrigues

Serra da Bocaina

Quer viajar e não sabe para onde? Vá para a Bocaina! Essa região entre São Paulo e Rio de Janeiro é capaz de agradar a todo tipo de turista. Para quem gosta de patrimônio histórico, as fazendas de café do século 19 são um prato cheio: bem preservadas e abertas à visitação. Já se o seu negócio é caminhar, há inúmeras trilhas que cortam a mata nativa e levam a cachoeiras de tirar o fôlego.

Como ir Siga pela via Dutra até Queluz (cerca de 240 quilômetros a partir de São Paulo). Daí em diante, são 36 quilômetros até São José do Barreiro e 94 quilômetros até Bananal.

Informações tel. (12) 3117-2143, site: www.icmbio.gov.br/brasil/SP/parque-nacional-da-serra-da-bocaina.

 


 

Alto Ribeira. Foto: Marcos Kim

Alto Ribeira

Se a ideia é fugir para a natureza mais selvagem possível, mas sem ir muito longe, o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (Petar), no sul de São Paulo, é uma ótima opção. A reserva abriga a maior porção de Mata Atlântica preservada do Brasil e mais de 300 cavernas. Guias locais levam os visitantes para passeios que podem durar de algumas horas a dois ou três dias inteiros de caminhada.

Como ir Iporanga e Apiaí serão suas bases. A partir de São Paulo, são 215 quilômetros pela Régis Bittencourt até Jacupiranga. As rodovias SP-193 e SP-165 completam o trajeto.

Informações site: www.petaronline.com.br.


Balneário Municipal de Águas de Lindóia. Foto: Divulgação

Balneário Municipal de Águas de Lindóia

O Balneário de Águas de Lindóia é o ponto central da história da cidade. Ele foi construído exatamente sobre as fontes de águas quentes que atraíram a atenção do médico italiano Dr. Francisco Tozzi e que deram início a um pequeno vilarejo. O local possui piscinas de água mineral constantemente renovadas, tobogãs gigantes, espelhos d´água e jardins criados por Burle Marx.
Preço: Os serviços termais, com preços que variam de 5 a 50 reais, incluem banhos de imersão, hidromassagem, inalação e ducha escocesa.
Endereço: Praça Francisco Tozzi, Centro - Águas de Lindoia/ SP
Informações aqui


Balneário Municipal de Águas de São Pedro. Foto: Divulgação

Balneário Municipal de Águas de São Pedro

Em uma construção antiga e simples, o Balneário chama a atenção dos turistas pelos seus preços atrativos. Dentre os serviços oferecidos estão o banho de imersão em água sulfurosa, sauna, massagens e tratamentos estéticos. É necessário agendar horário.
Preços: de 10 a 60 reais, de acordo com o serviço escolhido.
Endereço: Avenida Carlos Mauro, Águas de São Pedro/ SP
Informações aqui


Passeio de Maria Fumaça. Foto: Divulgação

Passeio de Maria Fumaça

A Maria Fumaça de Campinas está bem conservada. Ela tem monitores que explicam seu funcionamento e passa por fazendas centenárias da época do café. É um ótimo passeio para as crianças e também para os mais velhos que chegaram a viver a época da Maria Fumaça e dos trens no Brasil. Dedique um dia inteiro para fazer este passeio, que passa por antigas fazendas de café e vai até a cidade de Jaguariúna.
Preço: 40 reais
Como chegar:  Saída da estação Anhumas (atrás do Carrefour D. Pedro)
Informações aqui


Museu: Memorial do Tietê

No local há exposição de fotos, livros, artesanato, maquetes, peças de embarcações e outros itens que contam um pouco da história do Rio Tietê e das populações ribeirinhas. Há também cinco potes contendo a água do Rio Tietê em diferentes localidades por onde passa: Salesópolis, Mogi das Cruzes, São Paulo, Porto Feliz, Barra Bonita e Itapurá. Nestes potes, a diferença da qualidade da água e o nível de poluição são facilmente perceptíveis.
Preço: Gratuito.
Endereço: Localizado no andar superior do Barra Bonita Shopping. Av. Pedro Ometto, 425 - Centro, Barra Bonita/ SP


Centro de História Natural de Campinas

O Museu de História Natural tem mais de duas mil peças representantes dos ecossistemas brasileiros da Mata Atlântica, da floresta Amazônica, do Cerrado, do Pantanal matogrossense e litoral paulista, incluindo mamíferos, aves, répteis, peixes, insetos e outros invertebrados e, oferecendo, em exposição aberta ao público, mais do que 300 destas espécies. O museu também inclui em exposição uma diversidade de animais, botânica, teratogênese, taxidermia, fósseis, minerais e mais.
Endreço:Rua Carolina Florence, 1674
Informações aqui


Palácio Boa Vista

Construída em estilo inglês medieval, a residência de inverno do governador de São Paulo reúne pinturas de modernistas com Tarsila do Amaral e Portinari, quadros de Tomie Ohtake e Manabu Mabe e esculturas de Victor Brecheret e Bruno Giorgi. A rápida visita guiada também destaca a riqueza dos ambientes, com lustres de cristal e móveis de jacarandá.
Endereço: Avenida Doutor Ademar de Barros, 3001
Preço: 5 reais
Informações aqui

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias