Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Jogos digitais e alfabetização: como dar mais dinamismo ao aprendizado

Veja abaixo dicas de jogos que inovam e estimulam a curiosidade das crianças nessa fase

POR:
Débora Garofalo
Crianças sentadas em mesas de escola e usando fones de ouvido brincam com tablets que exibem letras coloridas
Foto: Getty Images

As nossas relações com ferramentas digitais estão cada vez mais presentes no cotidiano, e geralmente elas funcionam como facilitadores de comunicação, interação social, e também dinamismo no processo de ensino e aprendizagem.

Essas ferramentas digitais e ou dispositivos tecnológicos têm recebido muito destaque na Educação por permitir trabalhar com resoluções de problemas reais e também pelo fato de fazerem parte da rotina das crianças e jovens, que desde de muito cedo possuem acesso a jogos digitais, YouTube, blogs, entre outros.

LEIA MAIS  BNCC: como a escola deve usar a tecnologia na alfabetização?

Para não ficarem distantes dessa geração que já cresce familiarizada com esses dispositivos tecnológicos, muitos professores buscam inovar na cultura de ensino, trazendo essas ferramentas ao cotidiano da sala, para mediar o aprendizado dos alunos, trazendo também a personalização ao ensino.

No processo de ensino, o período de alfabetização é marcado pelas descobertas, um momento no qual o lúdico se faz muito presente. E é neste cenário que os jogos digitais podem alavancar a aprendizagem das crianças, por trazer interação, trabalhar com as hipóteses silábicas e contribuir com a leitura e escrita.

A fase do desenvolvimento de alfabetização através de jogos pode ser considerada como uma incrível aventura para as crianças. Os estudantes entram em um mundo mágico de imaginação que traz o único objetivo de ensinar, e a melhor forma de promover o aprendizado é estimular a curiosidade das crianças.

LEIA MAIS  Replanejamento: ferramentas digitais podem fazer a diferença na aprendizagem

Para trazer mais dinamismo ao aprendizado nessa fase tão rica da vida escolar da criança, elaboramos algumas dicas para você usar em sala de aula.

 Pé de Vento - (ambiente digital de aprendizagem)

A plataforma é gratuita e está disponível na Educopedia. Possui uma gama variada como jogos, músicas, histórias que permitem que os alunos vivenciem uma aventura gamificada. Indicada aos alunos do 1ª ano, reúne diferentes atividades planejadas para durar 32 semanas.

Escola de Games – (jogos online)

Jogos interativos gratuitos para trabalhar com temas como arvores genealógicas, lendas de folclore, datas comemorativas, algarismos romanos, permitindo a gamificação presente no processo.

Ludo Primeiros Passos - (jogo on-line)

Desenvolvido pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia, do CNPq e o Centro Multidisciplinar para o Desenvolvimento de Materiais Cerâmicos, da Fapesp, o jogo on-line permite recursos interativos que auxiliam as crianças em diferentes níveis de alfabetização. O jogo busca associar sons a imagens e conforme o jogador acerta, aumenta o grau de dificuldade, completando sílabas ou palavras.

Forma Palavras - (jogo on-line)

Para estimular a leitura e a escrita, o jogo simula o cenário de uma fábrica e pede para que os jogadores organizem letras, dispostas em uma engrenagem, até formarem a palavra indicada pela imagem. Conforme o aluno acerta, ele acumula pontos e muda de fase, aumentando as dificuldades a serem avançadas.

Jogos Arie - (jogos online)

Jogos educativos gratuitos projetados especialmente para crianças. Ensina de forma lúdica e a criança aprende brincando relacionando a palavras a objetos, completando sequências, trabalhando com tabuada, adição, subtração e multiplicação, além de trabalhar com temas atuais como a dengue.

Logos ABC - (aplicativo)

Seguindo o formato de um Quizz, o aplicativo Logos ABC pronuncia palavras e faz com que as crianças conectem imagem e som.

Aulas Animadas - (aplicativos e planos de aula)

Desenvolvida pelo Instituto Paramitas, a plataforma Aulas Animadas reúne jogos e aplicativos de alfabetização para smartphones ou tablets. Para cada um dos games, o site disponibiliza um material para download que apresenta dicas e planos de aula para os professores trabalharem com cada um dos recursos apresentados.

Aprender se divertindo é a melhor maneira de atrair o interesse das crianças e contribuir com o processo de ensino aprendizagem.

E você querido professor, quais jogos digitais utiliza em sala de aula? Conte aqui nos comentários e ajude a fomentar práticas docentes.

Débora Garofalo é Assessora Especial de Tecnologias da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (SEE SP) e professora da rede pública de ensino de São Paulo. Formada em Letras e Pedagogia, mestranda em Educação pela PUC-SP, vencedora na temática Especial Inovação na Educação no Prêmio Professores do Brasil e uma das dez finalistas do Global Teacher Prize, o Nobel da Educação.

Tags

Guias