Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Governo acaba com Conselho Consultivo do Plano Nacional do Livro e Leitura

Conselho prestava apoio à direção do PNLL na elaboração de propostas da área

POR:
NOVA ESCOLA
Livros na Biblioteca, em prateleiras curvas
Foto: Getty Images

O governo federal extinguiu nessa semana o Conselho Consultivo do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL). O decreto foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra.

O Conselho Consultivo prestava apoio à direção do PNLL nas definições e propostas relacionadas à área e era formado exclusivamente por membros do Colegiado Setorial do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC) na área de literatura, livro e leitura.

A medida reduziu também o número de representantes da sociedade civil no Conselho Diretivo do PNLL. Eram dois representantes com “notório conhecimento literário” e agora ficará apenas um. Os integrantes são indicados por editores, autores de livros e especialistas em acessibilidade.

Criado em agosto de 2006 pelos ministérios da Cultura e da Educação, e instituído em 2011 pela ex-presidente Dilma Rousseff, o Plano Nacional do Livro e Leitura tinha como meta estabelecer diretrizes para uma política pública voltada à leitura e ao livro no Brasil, com uma série de projetos, programas, atividades e eventos para levar a leitura ao dia a dia do brasileiro.

Tags

Guias

Tags

Guias