Prêmio Desafio 2030 recebe inscrições de projetos escolares sobre sustentabilidade

A proposta é reconhecer iniciativas ligadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

POR:
Nairim Bernardo
Garota de pele escura e cabelo liso sentada no chão olhando para cima com livro aberto no colo
Crédito: Pixabay

A sustentabilidade é um tema muito trabalhado nas escolas. Caso esse seja o caso da sua, chegou a hora de seu projeto ganhar visibilidade. O Instituto Akatu, a Reconectta e a Virada Sustentável se unem para realizar a terceira edição do “Prêmio Desafio 2030 – Escolas transformando nosso mundo”, que conta ainda com o apoio do Instituto 5 Elementos.

Podem se inscrever escolas de Educação Básica que tenham desenvolvido projetos transformadores ligados aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que integram a Agenda 2030, formada por um conjunto de programas, ações e diretrizes que orientarão os trabalhos da Organização das Nações Unidas (ONU) e de seus países membros rumo ao desenvolvimento sustentável.

As inscrições podem ser feitas até o dia 16 de junho através do site do Prêmio Desafio 2030. Os projetos serão julgados de acordo com os seguintes critérios: contexto e relevância do projeto com a realidade escolar e com os 17 temas dos ODS; transformação da realidade escolar e do território; número de temas dos 17 ODS que o projeto abrange; quantidade de atores da comunidade escolar e fora dela, bem como parceiros de conteúdo e ação e protagonismo dos alunos no processo em parceria com seus professores.

No dia 22 de agosto de 2019, serão premiados projetos em seis categorias, de acordo com o nível de ensino: Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II, Ensino Médio, EJA (Educação para Jovens e Adultos) e, pela primeira vez, Ensino Técnico. O evento vai ser aberto ao público, na Unibes cultural, durante a programação da Virada Sustentável de São Paulo. As escolas receberão um certificado e um troféu, além do reconhecimento público pela sua contribuição junto aos temas dos 17 ODS. Além disso, os projetos que se destacarem farão parte de um e-book da iniciativa.