Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Conte | Gestão


Por: Paula Salas

Quando a convivência saudável é uma preocupação da rede

Projeto antibullying atinge cerca de 5 mil alunos da rede municipal de Artur Nogueira e passa a fazer parte do PPP das escolas

Antibullying: Elaine, secretária de Educação de Artur Nogueira, com o kit distribuido para as escolas. Foto: Ricardo Lima

Em Artur Nogueira (SP), um projeto antibullying une educadores, gestores e alunos na busca sistemática por uma convivência mais ética. Há dois anos, o projeto Leitura na Escola: Ética e convivência trabalha as relações humanas por meio da leitura de livros paradidáticos e infantis. Tudo começou com o encontro da secretária de Educação Elaine Boer com o Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Moral (Gepem), que desenvolve materiais e formação para uma educação cidadã. No projeto, os alunos recebem títulos curados pelos gestores. Em cada sala, uma caixa com paradidáticos, jogos atividades e orientações dá respaldo para o educador. Além dessas sugestões, as boas ideias de ações são compartilhadas com todas as escolas. Cada unidade criou um plano anti- bullying para organizar as ações que seriam desenvolvidas e, em 2018, o projeto entrou no PPP das escolas. Diante dos resultados positivos, o trabalho com a convivência ética será expandido para as creches, envolvendo, então, toda a rede. Para Célia Ribeiro, vice-diretora da EMEF Elysiário Del’Alamo, o projeto deu a oportunidade de rever e mudar a forma de trabalhar com os alunos.

Leia mais: O que fazer para evitar o bullying?


Qual é a técnica?
Quem faz o quê?
Conheça quais os papéis que cada uma das partes desempenhou durante o projeto antibullying na rede de Artur Nogueira

Secretaria de Educação
Precisa conhecer a realidade da equipe gestora e docente para poder nortear o seu trabalho. É papel dela buscar materiais, projetos e formações para auxiliar nos desafios da rede, melhorar a parte pedagógica, ambiente escolar e as relações de convivência.

Gestor da Escola

Deve olhar para o contexto geral e estratégico da escola, apoiar e tirar dúvidas quando é questionado pelos professores. O gestor interfere em situações mais complexas entre os alunos e nas relações entre educadores, além de ajudar a fazer a ponte com as famílias.

Professor

Cabe ao educador criar espaços em sala de aula capazes de permitir que as crianças vivenciem e reflitam sobre as relações de convivência e sentimentos. Munido de ferramentas, pode interferir diretamente na mediação de conflitos entre os alunos ao criar espaços de diálogo.

LEIA MAIS: Grupo de alunos é apoio para colegas em situação de conflitos


CONHEÇA MELHOR A REDE

Artur Nogueira

O município localiza-se no interior do estado de São Paulo a 152 km da capital.

A rede municipal atende da Educação Infantil ao Fundamental I:

São 5.217 ALUNOS EM 23 UNIDADES ESCOLARES, SENDO: 10 CRECHES, 4 EMEIS, 6 EMEIFS e 3 EMEFS

3 perguntas para: Luciene Tognetta

“Precisa ser cotidiano para transformar as relações na escola”

O bullying é o maior problema do clima escolar?
Pode não ser o mais frequente, mas é o mais cruel. Ele envolve características que são, muitas vezes, invisíveis aos responsáveis.

LEIA MAIS: Bullying ocorre por até um ano e meio sem que escola saiba. Veja como evitar

Como intervir?
O bullying envolve quem pratica, quem sofre e quem assiste. É necessário intervir em todas essas dimensões. Para a vítima, é necessário um trabalho de autoafirmação e expressão de sentimentos. Quem agride mantém uma autoimagem no grupo de ser poderoso, por isso é necessário mudar o que é valorizado pela escola. Já quem assiste se cala por não saber interferir e temer ser o próximo. Por isso, é necessária uma rede de apoio para que esse grupo consiga agir.

O que um projeto antibullying precisa para gerar impacto real?
Ser um trabalho sistemático e planejado, que seja sequencial e tenha um objetivo claro das competências que se busca desenvolver.

Luciene Tognetta é professora de Psicologia da Educação na Unesp, coordenadora do Gepem e autora de livros infantis e científicos

PARA SABER MAIS
Conheça os materiais sobre bullying disponibilizados no site da SaferNet: http://bit.ly/bullying-safernet  

.