Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Redes discutem como abordar luto, morte e violência nas escolas

Reunião do Conselho de Representantes da Undime contará com especialistas para debater como prevenir tragédias como a de Suzano

POR:
NOVA ESCOLA

Nenhuma escola está realmente preparada para lidar com uma tragédia como a da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, em que dez pessoas morreram. Passado o choque inicial, é preciso discutir como preparar professores e gestores para lidar com questões como violência e planejar ações de prevenção. Para isso, a Undime SP convocou seu conselho de representantes, que reúne Dirigentes Municipais de Educação de quase 500 municípios do Estado que são filiados à entidade, para um debate nesta segunda-feira (08/04) sobre violência nas escolas e promoção de saúde emocional de professores, alunos e familiares.

O objetivo do encontro, que acontece neste dia 8 de abril, é discutir as diretrizes da Campanha que será lançada com o objetivo de incentivar a criação de políticas públicas fundamentadas e eficientes. O público alvo da campanha será toda a Comunidade Escolar: gestores, funcionários, professores, alunos, familiares e moradores das comunidades do entorno das escolas.

LEIA MAIS   Projeto de saúde mental afasta violência em escola do DF

Foram convidados para palestras seguidas de debate Ernesto Faria do IEDE, que vai abordar como dados sobre violência podem ajudar as comunidades escolares a se organizar para tomar as medidas apropriadas, e as psicólogas Gabriela Casellato Santos e Patrícia Hernandez, do Instituto 4 Estações, especializado em atendimento a indivíduos, comunidades e escolas em situação de emergências, luto e violência. 

A mediação do debate será feita pela psicóloga e também secretária municipal de Educação, Cristiana Berthoud, especialista em famílias e comunidades e membro da diretoria executiva da Undimesp.

NOVA ESCOLA, em parceria com a Undimesp, vai transmitir ao vivo as palestras a partir das 10h. Se você quer acompanhar, basta entrar em nossa página no Facebook e assistir gratuitamente às palestras. Ao final, também vamos disponibilizar o vídeo em nosso canal do YouTube.

LEIA MAIS   Tragédias em escolas: como recomeçar depois de tanta dor?

 

Deixe seu email e mantenha-se atualizado para assuntos de saúde na educação

Tags

Guias