Resenha do livro "Intérprete de Libras", de Cristina Broglia Feitosa de Lacerda

POR:
NOVA ESCOLA, Nina Pavan, Tatiana Pinheiro
Foto: Marcelo Kura
Foto: Marcelo Kura

O conhecimento é construído especialmente pela linguagem. Por meio daquilo que é dito, lido, pensado e comentado, os indivíduos transformam seu modo de lidar com as pessoas e de compreender o mundo. Impossibilitados de usar a linguagem oral cotidianamente, crianças e jovens surdos constroem seu conhecimento sobre a vida de outras formas. Com base nesse ponto de vista, a autora defende que a escola deve contribuir para o desenvolvimento desses estudantes, o que torna imprescindível a atuação do docente usuário da Língua Brasileira de Sinais (Libras) ao lado do educador que trata dos conteúdos em sala.

 

Sobre a autora É professora da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar).

Intérprete de Libras, Cristina Broglia Feitosa de Lacerda, 96 págs., Ed. Mediação, tel. (51) 3330-8105

 

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias