Cresça e aconteça - Arte para todos

Museus e centros culturais criam programas gratuitos para treinar professores a preparar as visitas dos estudantes às exposições

POR:
Priscilla Brossi Gutierre

Organizar passeios históricos ou artísticos com a turma sempre rendeu bons resultados. Mais que aliados, museus e centros culturais estão se transformando em verdadeiros parceiros do professor. Amigos que tiram dúvidas e sugerem aulas mais proveitosas. Além de abrir as portas à visitação, essas instituições oferecem treinamento para ajudar você a entender melhor a Arte e a História que vai, mais tarde, ensinar aos alunos. Quer mais? É tudo de graça.

"Eu adorei a experiência", conta Heloísa Colombo, professora de Língua Portuguesa que já participou de algumas oficinas do Museu de Arte Moderna de São Paulo, o MAM. "O resultado é excelente. Os monitores apresentam as obras expostas e abrem espaço para a troca de idéias e de experiências com os colegas. Na hora de conversar com os estudantes me sinto melhor preparada." Em comum, todos os cursos têm o seguinte pressuposto: ensinar os professores a planejar e aproveitar melhor as futuras visitas. Como? Fazendo uma visita monitorada. Quase sempre esses cursos são marcados com antecedência, para evitar turmas superlotadas.

No MAM, os Contatos com a Arte se realizam nos sábados à tardes e os grupos têm até trinta educadores. O programa é dividido em três partes. Na primeira, os participantes conhecem mais sobre o artista e suas obras (as que estão expostas naquele momento no museu e outras). Na segunda, todos visitam a mostra e, no final, participam de atividades práticas no ateliê. Os inscritos recebem apostila com textos de apoio e certificado de participação. "Estamos abertos a todos os professores, independentemente de disciplina ou série", destaca Carlos Barmack, que coordena o serviço educativo junto com Vera Barros.

Intimidade com o acervo

O Museu de Arte de São Paulo (Masp) promove, no primeiro sábado do mês, o Curso de Preparação para Professores. Das 11 às 13 horas, um especialista dá uma aula básica de história da arte usando como ponto de partida uma das obras do próprio Masp. "A idéia é fazer com que os professores tenham mais intimidade com nosso acervo", diz Paulo Portella Filho, coordenador do serviço educativo.

No Recife, o Museu do Homem do Nordeste, ligado ao Instituto de Documentação da Fundação Joaquim Nabuco, mantém encontros para professores dentro do projeto Museu no Magistério. Os objetivos principais são aprofundar os estudos, esclarecer dúvidas e proporcionar a troca de experiências. "Queremos nos aproximar cada vez mais das escolas", afirma a coordenadora, Sílvia Fonseca Lima Brasileiro. "A instituição tem grande potencial educativo e cultural, é um lugar onde se pode desenvolver muitos projetos pedagógicos", completa Marilene Gonçalves Dias Leal, museóloga da equipe.

Experiência diferente, mas igualmente bem-sucedida, é a do Museu da República. Instalado no Palácio do Catete, a antiga sede do governo federal, no Rio de Janeiro, ele desenvolve encontros quinzenais (desde que haja pelo menos cinco participantes). A atividade começa com uma discussão sobre a importância do patrimônio cultural e inclui um passeio pelo prédio. Nela, você descobre aspectos arquitetônicos do palácio e aprende um pouco mais sobre a história republicana brasileira. "Nosso objetivo é preparar os docentes para uma visita mais dinâmica e eficiente com suas turmas", explica Maria de Lourdes Teixeira, chefe da Divisão de Educação.

Outras boas sugestões são os cursos oferecidos pelo Instituto Cultural Itaú (em São Paulo) e pelo Espaço Unibanco (na capital paulista, em Juiz de Fora e em Fortaleza). No Itaú, você pode se inscrever nos encontros temáticos que se realizam sempre na última semana do mês. Já o Unibanco coloca à sua disposição o Escola no Cinema. São sessões especiais para professores, seguidas de debate e indicações para trabalhar o filme em classe. Oportunidades muito boas para você se aperfeiçoar, desenvolver seu potencial de compreensão da arte e criar aulas ainda mais interessantes. 

Quer saber mais?

Espaço Unibanco de Cinema, R. Augusta, 1470, CEP 01304-001, São Paulo, SP,
tels. (11) 287-4754 e 289-4792, e-mail: patricia@espacounibancosp.com.br

Itaú Cultural, Av. Paulista, 149, CEP 01311-000, São Paulo, SP, tels.: (11) 238-1776/1777,
internet: www.itaucultural.org.br

Museu da República, R. do Catete, 153, CEP 22220-000, Rio de Janeiro, RJ, tel. (21) 558-6350,
e-mail: musrepublica@uol.com.br,internet: www.uol.com.br/museurepublica

Museu de Arte de São Paulo, Av. Paulista, 1578, CEP 01310-200, São Paulo, SP,
tel. (11) 251-5644, e-mail: educativomasp@hotmail.com, internet: www.masp.art.br

Museu de Arte Moderna, Pq. do Ibirapuera, s/nº, portão 3, CEP 04094-000, São Paulo, SP,
tel. (11) 5549-9688, e-mail: educativo@mam.org.br, internet: www.mam.org.br

Museu do Homem do Nordeste, Av. Dezessete de Agosto, 2187, CEP 52061-540, Recife, PE,
tel. (81) 3441-5500, e-mail: muhne@fundaj.gov.br, internet: www.fundaj.gov.br 

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias