Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
RDRevista Digital

Nova Escola

Nesta área você encontrará todo o acervo da revista de maneira organizada e em formato digital

Relaxe | Inspire-se


Por:

“Nunca digo ‘não vou conseguir’, digo ‘vou tentar’”

Emílio Figueira, que também é psicólogo e teólogo, conta que estudar em uma escola pública regular fez toda a diferença em sua trajetória

Depoimento para: Bruna Tiussu

Tenho paralisia cerebral desde bebê e, desde pequeno, sou apaixonado por processos de criação. Encontrei no desenho e na escrita as primeiras formas de me expressar. Depois, vieram o teatro, o cinema, a pintura. Diante de minhas limitações físicas, nunca digo “não vou conseguir”, digo “vou tentar”. E faço do meu jeito. Estudar em uma escola pública regular fez toda a diferença. Fui recebido com carinho pelas crianças e estimulado por elas. Já publiquei 98 artigos científicos, 74 livros e dou palestras no Brasil todo sobre inclusão. Incluir não tem segredo, basta acolher com amor. 

Emílio Figueira, jornalista, psicólogo e teólogo, 49 anos.

Crédito: Sidnei Lopes/Nova Escola

Conheça também: Amanda de Sousa conta como alfabetizou sua mãe surda e se descobriu professora