Como fazer um balanço para projetar o futuro

O fim do ano é um bom momento para examinar quais itens você acrescentou à sua bagagem pessoal e profissional nos últimos meses

POR:
Beatriz Santomauro
Ilustração: Mariana Coan

A essa altura do ano, ela costuma estar cheia (ou quase). Carrega algumas coisas novas e outras tantas que sempre estiveram lá. Companheira de todas as horas, nossa bagagem é composta de experiências pessoais e profissionais pelas quais passamos na vida. Assim como os itens da mala de viagem, seu conteúdo revela traços de quem somos: um inventário de conquistas ou decepções, tarefas cumpridas ou inconclusas, sonhos adiados ou a caminho da realização. O fim do ano é uma boa ocasião para abrir a bagagem e perguntar: o que levar para o ano que vem? O que falta acrescentar? E o que, por outro lado, devo deixar de fora?

Como fazer um balanço para projetar o futuro:
- Comece enumerando algumas metas (fazer um mestrado, por exemplo).

- Cuide para que sejam específicas ("entrar numa boa universidade", em vez de "melhorar a formação"), mensuráveis ("escrever meu projeto"), desafiadoras (difíceis, mas não impossíveis) e realizáveis em um tempo determinado ("até o fim do ano").

- Torne-as palpáveis indicando as ações necessárias para alcançá-las (no exemplo do mestrado: pesquisar as instituições, conhecer as linhas de pesquisa, entrar em contato com possíveis orientadores, estudar para a prova e redigir a proposta para o processo seletivo).

- De tempos em tempos (três meses é um bom intervalo), reveja prazos e ações.

É bom saber que, mesmo seguindo à risca um planejamento estruturado, é inevitável que alguns objetivos não sejam atingidos porque necessitam do envolvimento de outras pessoas, requerem muito tempo ou, no limite, não dependem diretamente de você para se tornar realidade.

Os erros mais comuns

- Estabelecer muitas metas. Traçar planos demais traz o risco grande de não realizá-los. Elegendo poucos, você tem mais foco para cumpri-los.

- Considerar que o planejamento não pode ser alterado. Rever sempre as ideias iniciais e ajustar o que não funciona é essencial.

- Dedicar-se a um único aspecto da vida e ignorar os demais. Não adianta só trabalhar e deixar de lado a família ou a alimentação balanceada. Busque o equilíbrio.

NOVA ESCOLA convida você a fazer um balanço dos últimos 12 meses. A proposta é analisar cinco áreas fundamentais: formação, sala de aula, relação com a comunidade, ambiente escolar e qualidade de vida. Cada um desses temas tem uma série de tópicos para ajudar na reflexão. Você pode marcar um X de acordo com a frequência com que faz determinada atividade: sempre, às vezes, raramente ou nunca. Não se trata de um teste de certo ou errado ou que dê como resultado uma nota e um veredito. Na verdade, é um instrumento para que você enxergue se suas prioridades imaginadas estão, de fato, batendo com suas ações práticas.

Preparado para inspecionar a bagagem? Pare, reflita e decida o que você vai levar para a viagem da vida no ano que vem.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias