Blog de Leitura

Mergulhe no universo dos livros

O Nobel de Literatura e as obras que você precisa conhecer

POR:
Anna Rachel Ferreira

O Nobel de Literatura e as obras que você precisa conhecer

Crédito: Shutterstock

Toda a vez que sai o nome do novo vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, eu procuro saber quem é. E, em muitas dessas vezes, eu me deparo com um nome do qual eu nunca tinha ouvido falar. Como no caso da escritora e jornalista bielorrussa Svetlana Alexievich, que levou o prêmio deste ano, divulgado em outubro.

A notícia boa é: eis um novo autor para eu conhecer! A notícia ruim é: não tenho tempo de me debruçar na obra completa dele! Pensando nessa angústia, comum a todos os amantes das letras, escolhi alguns vencedores recentes que têm obras publicadas no Brasil e relacionei os títulos de destaque de cada um deles para que a gente possa conhecê-los.

capa do livro No de Patrick Modiano

144 págs., tel.: 21/3525-2000, 19,50 reais

Patrick Modiano, autor francês que levou o prêmio no ano passado, tinha poucos títulos em catálogo no Brasil. Isso mudou após o Nobel, já que a editora Rocco relançou algumas de suas obras, entre elas Dora Bruder. Nesse livro, Modiano conta a história de uma judia que desapareceu durante a ocupação nazista em Paris. Após 50 anos, o autor busca informações sobre ela, enquanto compara momentos da própria vida com os dela. Vale lembrar que a 2ª Guerra Mundial é tema recorrente nas obras do escritor, nascido em 1945.

capa do livro Fugitiva de Alice Munro. (crédito: divulgação)

352 págs., Biblioteca Azul, tel.: 11/3767-7514, 42,21 reais

A canadense Alice Munro, vencedora de 2013, já tinha vários títulos publicados por aqui, apesar de eu ainda não conhecê-la. Uma das suas publicações mais aclamadas é Fugitiva. Considerados universais, os oito contos que compõem essa obra trazem sempre mulheres às voltas com o passado. Mexer no que já passou é sempre perigoso… As reviravoltas tiram de órbita as personagens, que precisam decidir como lidar com as descobertas.

capa do livro Mudança, de Mo Yan. (crédito: divulgação)

128 págs., ed. Cosac Naify, tel.: 11/ 3218-1497, 29,90 reais

Quando o chinês Mo Yan levou o Nobel de 2012 foi uma grande polêmica. Alguns autores lhe acusaram de ser pró-governista e condescendente com as diretrizes do partido comunista. Mas o fato é que sua autobiografia Mudança, assim como toda a sua obra, é tida como um retrato da China contemporânea. Nesse título, é possível conhecer os contrastes da atualidade e bons indícios do que o país foi e será.

capa do livro Neve de Orhan Pamuk. (Crédito: divulgação)

488 págs., Cia das Letras, tel.: 11/3707-3500, 67 reais

Olhando um pouco para trás, nos deparamos com Orhan Pamuk, vencedor de 2006. Ele foi um dos primeiros turcos a falar abertamente sobre o massacre armênio que aconteceu em seu país no século 20. Na época da premiação, só se falava de Neve. A narrativa conta a história de um poeta chamado Ka, que depois de um tempo na Alemanha vai a uma pequena cidade turca para investigar a onda de suicídios entre jovens mulçumanas que acontece no local. Mas as condições climáticas mudam, e ele acaba isolado na cidade, onde um casal aproveita para liderar um golpe militar.

capa do livro Vida e Época de Michael K, de J. M. Coetzee. (crédito: divulgação)

216 págs., Cia das Letras, tel.: 11/3707-3500, 42 reais

Voltando ainda mais na história, em 2003, o sul-africano J. M. Coetzee foi eleito para o maior prêmio de literatura mundial. Um de seus livros mais conhecidos, Vida e Época de Michael K, segue a trajetória do personagem que título do livro, um jovem pobre e órfão que vive à deriva durante a guerra civil que assola o país. Conforme a história avança, você acompanha Michael K se despir de qualquer contato com o mundo externo a ele, como se o único local seguro fosse dentro de si.

E, aí, vocês já conheciam esses livros? Conhecem outros livros interessantes de vencedores do Nobel? Compartilhe conosco aqui nos comentários.

Até o próximo post!
Anna Rachel

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias