Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Gestão da sala de aula: palavras que fazem a diferença

Confira alguns termos importantes do livro Gestão da Sala de Aula – Lições da Pesquisa e da Prática para Trabalhar com Adolescentes

POR:

GESTÃO DA SALA DE AULA
Ações realizadas pelo professor para estabelecer e manter um ambiente ordenado e atencioso, no qual os alunos possam se engajar em aprendizado significativo e onde o crescimento emocional e social da turma seja estimulado. 

GRUPOS HETEROGÊNEOS/HOMOGÊNEOS
Formatos de grupos que os professores podem organizar em sala de aula. Para compor qualquer um dos dois tipos, é necessário considerar aspectos como gênero, raça, etnia, ordem linguística, desempenho e aptidões de cada aluno da turma. 

INTERDEPENDÊNCIA POSITIVA
Situação criada para que os estudantes sintam a necessidade de trabalhar com seus colegas, e, consequentemente, percebam que o outro é importante para o sucesso de todos na realização das tarefas. A interdependência positiva é uma das principais características que faz com que o trabalho em grupo se transforme em aprendizado. 

NORMAS DE COMPORTAMENTO
Conjunto de regras e rotinas que devem ser cumpridas por todos para que a sala de aula se torne um ambiente mais seguro e previsível. Assim, alunos e professores se sentem mais confortáveis e todos se envolvem em interações produtivas. As normas de comportamento são fundamentais para o bom desenvolvimento do trabalho em grupo, pois permitem que estudante e docentes se concentrem no ensino e na aprendizagem. 

PROFESSOR FACILITADOR
Função que pode ser assumida pelo docente, que concentra esforços em tornar os alunos mais ativos e participantes da construção da aula e do conhecimento. Para assumir esse papel, o professor deixa de ser o líder da aula, aquele que domina, detém o conhecimento e que o transmite para o estudante, e passa a ser um mediador nos processos de ensino e de aprendizagem. 

TRABALHO EM GRUPO
Modelo de aula em que os alunos são agrupados. Normalmente, cada grupo é formado por mais de três pessoas e elas têm de realizar tarefas, tendo como pressupostos a necessidade de colaboração, o trabalho coletivo em que um estudante necessita dos colegas para realizar o que foi solicitado pelo professor. O trabalho em grupo apresenta alguns benefícios diante do trabalho individual: conquista maior motivação dos alunos, turbina o desempenho da turma, impulsiona maior envolvimento no aprendizado e maior interação entre gêneros, raças e etnias diferentes, além de melhorar a relação entre os estudantes e deixá-los menos tempo ociosos, esperando pela ajuda do professor. 

TRABALHO INDEPENDENTE
Situação em que os alunos trabalham individualmente, cada um em sua carteira, sem ter contato com outros colegas. Também chamado de “trabalho sentado” no livro, permite ao professor observar o desempenho dos estudantes, um a um, fornecer apoio e feedback individualmente, conversar com cada aluno e orientar a todos de forma mais personalizada. Se mal-empregado, o trabalho independente pode gerar estudantes entediados, improdutivos e passivos. E mais: a turma pode passar a considerar o momento da aula chato e entediante. 

 

Tags

Guias

Tags

Guias