Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Planejando o trabalho em grupo: palavras que fazem a diferença

Um glossário para entender melhor os termos usados no livro Planejando o Trabalho em Grupo – Estratégias para Salas de Aula Heterogêneas

POR:
Instituto Sidarta

ATIVIDADES (TAREFAS) ADEQUADAS AO TRABALHO EM GRUPO
São atividades abertas, produtivamente incertas, que exigem a resolução de problemas complexos, fornecem oportunidade para os alunos utilizarem múltiplas habilidades intelectuais, abordam conteúdo intelectualmente importante, exigem interdependência positiva e responsabilidade individual e incluem critérios claros para avaliação do produto do grupo e do relatório individual. 

INTERDEPENDÊNCIA POSITIVA
Tarefas adequadas ao trabalho em grupo criam e apoiam a interdependência entre seus membros. Os proponentes da aprendizagem cooperativa concordam que ela é a essência da colaboração. Quando os alunos trabalham em um produto bem definido e concreto, se tornam interdependentes. Além disso, se o trabalho tiver senso de urgência e qualidade, com um relatório conciso e profundo, os estudantes cada vez mais dependerão uns dos outros para entender e completar a tarefa. 

PAPÉIS NO TRABALHO EM GRUPO


Os papéis dos alunos em um grupo durante o trabalho estão associados a como ele deve ser realizado e ao que deve ser feito. Pela atribuição ao grupo de papéis associados a “como fazer”, o professor delega aos membros tarefas que seriam realizadas por ele: manter o grupo envolvido, assegurar boas relações, entre outras. Por outro lado, na atribuição de papéis associados ao “o que fazer”, o professor entrega ao grupo a substância da tarefa a ser realizada. Os papéis no trabalho podem ser: facilitador, verificador, organizador, gerenciador de materiais, oficial de segurança e relator. 

SALAS DE AULAS EQUITATIVAS
São compostas de currículos intelectualmente desafiadores, adequados à idade e série dos alunos, avaliações significativas e ricas linguisticamente, ambientes de densos em conteúdo e com a participação de status igualitário em pequenos grupos e em contexto com toda a turma. Em uma sala de aula equitativa, o professor deve reconhecer que os alunos podem atuar como recursos em sala de aula, uns para os outros, ao decidir utilizar o trabalho em grupo. 

TRATAMENTO DE STATUS
Tratar status significa criar situações em sala de aula para que ocorram interações de status igualitárias, ou seja, que não exista no grupo de alunos a percepção de que alguns possam ser melhores do que outros nas mesmas tarefas. Para tratar status em sala, o professor pode usar duas estratégias: a de habilidades múltiplas e a de atribuição de competências. 

Tags

Guias

Tags

Guias