Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Notícias

Língua Inglesa: como ensinar o componente alinhado à Base

Idioma passa a ser considerado como língua franca, e conteúdos e materiais trabalhados em aula devem transmitir a multiculturalidade

POR:
NOVA ESCOLA

Uma das principais mudanças que Base traz para o ensino da Língua Inglesa é a ênfase no contexto social e político do idioma. A língua, na BNCC, é vista como uma ferramenta de comunicação em um mundo globalizado e que varia em diferentes contextos em que é usada. 

Com a consultoria de Laura Nassar, formada em Letras, com dupla habilitação de Inglês/Português, Mestre em literaturas e crítica literária de língua inglesa e selecionadora de língua estrangeira do Prêmio Educador Nota 10, NOVA ESCOLA traz um novo guia de BNCC na Prática. "A BNCC traz como novidade a definição do inglês como componente obrigatório. Para algumas comunidades e regiões, a obrigatoriedade fará emergir impasses, considerando-se a diversidade de contextos socioculturais brasileiros", cita ela em seu artigo sobre a Base para o componente.


Acesse todos os conteúdos de BNCC para Inglês

Confira três pontos da BNCC para Língua Inglesa

1 Contato com a língua real

A Base traz a visão de que a criança e jovem aprendem na prática comunicativa e em contato com a língua real. A maneira de ensinar também muda, pois ressignifica a relação entre falantes, língua (materna ou estrangeira) e contexto geográfico-cultural.  

2 Inglês deve ser aprendido com contexto cultural e social
A Base enfatiza que o aprendizagem do inglês deve ser capaz de proporcionar novas formas de participação de jovens e crianças em um mundo cada vez mais globalizado. Veja como ensinar inglês com um próposito social para os seus alunos. 

3 BNCC incentiva uso de textos originais e da oralidade
Dessa forma, o educador vai oferecer não apenas conteúdos linguísticos, mas também culturais, pois eles serão sempre produtos da língua como prática social”, explica Alexandre Badim, coordenador do Centro de Línguas da Universidade Federal de Goiás.

Assuntos Relacionados