São Paulo: cadastro de professores temporários para 2019 vai até o dia 8

Interessados serão avaliados por prova de títulos e experiência profissional prévia

POR:
Gabriel Seixas
Casa Caetano de Campos, antiga Escola Estadual Caetano de Campos e atual sede da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.
Casa Caetano de Campos, antiga Escola Estadual Caetano de Campos e atual sede da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Crédito: Dornicke/Wikimedia Commons

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo divulgou as regras para o processo de seleção simplificada de professores temporários para o ano letivo de 2019. Os profissionais poderão atuar no Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e no Ensino Médio.

Podem se inscrever candidatos sem vínculo funcional com a rede estadual, docentes efetivos que queiram trabalhar em regime de acumulação e professores com contratos ativos efetivados em 2015, além de estudantes de licenciaturas.

Interessados devem comparecer em uma das 91 diretorias regionais de ensino (a lista completa você encontra no site do governo de São Paulo), até o dia 8 de outubro. É necessário apresentar RG, CPF, título de eleitor, comprovante de residência, declaração de imposto de renda, certificado de conclusão de curso ou declaração de matrícula. Os docentes serão selecionados por prova de títulos e experiência profissional prévia.