Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

O final | Inove | Tecnologia


Por: Anna Rachel Ferreira

Alunos transformam mitos em projeções tridimensionais

Estudantes de Piraju (SP) enviaram, pelo YouTube, mensagens até para colegas de outros países, utilizando a técnica do holograma

Foi-se o tempo em que mitos e lendas eram transmitidos só pela fala. O professor Alberto Rodrigues dos Santos, da EMEIEF Gilberto Bonafé, em Piraju, no interior de São Paulo, resolveu convidar os alunos a uma experimentação nas aulas de Arte: utilizar a tecnologia para contar as histórias.

A ideia nasceu quando ele conheceu Hatsune Miku, uma cantora japonesa que só existe em imagem virtual. Intrigado com o caso japonês, ele se aprofundou no estudo da holografia, uma técnica de gravação em 3D, e decidiu integrá-la às suas aulas. Alberto preparou um vídeo e um display formado por uma pirâmide invertida posicionada no centro de um aparelho de TV, deitado sobre uma mesa (veja como construí-lo abaixo). Durante uma apresentação sobre arte postal, um dos conteúdos do currículo, ele interagiu com o holograma que aparecia no centro da pirâmide.

O encantamento dos alunos do 5º ano foi imediato, e eles toparam na hora o convite para criarem essas cartas tecnológicas. Gravaram e editaram, em software livre, vídeos contando um mito que conheciam e publicaram os trabalhos no YouTube. Depois, enviaram os links para os estudantes da EMEIEF Anexo Nhonhô Braga, também em Piraju, que realizavam o mesmo projeto e produziram os displays de acrílico. O que eles não esperavam é que a experiência viralizasse e fosse parar do outro lado do mundo. Alunos japoneses, norte-americanos e venezuelanos entraram em contato e acabaram criando hologramas com as suas histórias. “Esse intercâmbio propiciou aos alunos o contato com novas culturas, além de um aperfeiçoamento desse tipo de técnica”, comemora Alberto.

1) Reflexo
A superfície transparente (nesse caso, o acrílico da capa de CD)
tem a capacidade de refletir a luz.
2) Centro da pirâmide
Posicionados em 45º e unidos
na pirâmide invertida, os
acrílicos refletem para o mesmo local: o centro.
3) Ilusão de um holograma
Em um lugar escuro, você só vê o que está refletido ali e tem a impressão de que a imagem está flutuando.

Ilustrações: Pedro Hamdan

CANTORA FUTURISTA

O professor inspirou-se na boneca holográfica Hatsune Miku, uma jovem de 16 anos e longos cabelos azuis. Ela é extremamente realista, mas não existe. É uma cantora virtual que tem movimentos e voz reproduzidos por um programa de computador.


Foto: Divulgação