Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Notícias

Como evitar que seus alunos sejam enganados na internet (e nos grupos de WhatsApp)

Este plano de aula mostra como discutir e identificar conteúdos que espalham notícias falsas

POR:
Débora Garofalo
Compartilhar informações? Claro! Mas já parou para verificar se esse conteúdo é verdadeiro?   Foto: Getty Images

Estamos vivendo um momento em que é fundamental que nós, professores, nos dediquemos a ensinar nossos alunos a identificar o que é confiável e o que não é na internet, nas redes sociais e nos grupos de WhatsApp. Ao orientar os estudantes para que sejam capazes de identificar as notícias falsas (termo que veio do inglês fake news, em referência a conteúdos que são propositadamente publicados para gerar desinformação), eles são capazes de avaliar a qualidade da informação, veracidade de uma fonte e se ela merece ou não ser compartilhada. Com isso, estamos promovendo aulas de cidadania digital, desenvolvendo leitores com compreensão crítica e reflexiva – competências que estão previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

O primeiro passo é entender como ocorre o compartilhamento dessas informações, que a grande maioria circula nas mídias digitais, sendo originária dos chamados bots – contas automatizadas que são criadas com a finalidade de replicar mensagens nas redes sociais e influenciar o debate e opinião pública. Estudos apontam que a disseminação dessas informações tem ocorrido mais pela ação humana do que dos robôs.

Dentro deste cenário, NOVA ESCOLA preparou um plano de aula que aborda esse assunto em sala de aula. Como professor, é uma oportunidade essencial de fazer seus alunos entenderem os limites da cidadania off-line e online. Este plano foi pensado para ser aplicado em três aulas e você vai encontrar conteúdos e sugestões para enriquecer seu debate. Boa aula!

FAÇA O DOWNLOAD DO PDF DO PLANO DE AULA

Essa reportagem faz parte da campanha Mentira na Educação, não!, que realizará checagens de notícias sobre Educação. A iniciativa é realizada por NOVA ESCOLA, com apoio do INSTITUTO UNIBANCOINSTITUTO ALANACANAL FUTURA e FACEBOOK.

Assuntos Relacionados