Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

O que mudei na minha prática

Professores do Time de Autores contam como vão rever sua atuação na Educação depois da Virada de Língua Portuguesa e Educação Infantil

POR:
Wellington Soares

Colaborou Laís Semis. Fotos: Mariana Pekin

Durante quatro dias, a Virada de Autores reuniu 180 professores de Educação Infantil e Língua Portuguesa. Foto: Mariana Pekin

Entre os dias 19 e 22 de julho, os membros do Time de Autores dos planos de aula NOVA ESCOLA se concentraram em Itapeva (MG) para a Virada de Autores. A programação do encontro teve palestras e situações de trabalho, em que eles começaram a produzir os planejamentos. Esse momento, que é focado essencialmente na formação dos professores-autores, apresenta as propostas que foram pensadas pelos assessores pedagógicos do projeto: são orientações sobre como pensar aulas alinhadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e incentivar a autonomia e o protagonismo dos alunos. Abaixo, confira relatos de educadores que participaram do evento e puderam repensar antigas práticas.


"Antes, eu não confiava muito que os alunos seriam capazes de chegar aos conceitos. Por isso misturava abordagens e recorria a muitas aulas expositivas. Com a aula ministrada pela Maria José Nóbrega, assessora pedagógica de Língua Portuguesa, entendi que é possível sim fazer uma proposta diferente, em que eu não chego entregando os conceitos logo de cara"
Elenir Novaes, professora-autora de Língua Portuguesa


"Estou aposentada, mas se eu pudesse voltar ao trabalho como coordenadora pedagógica, eu traria aos professores mais discussões sobre as modalidades organizativas e a maneira como usar cada uma delas."
Valéria Silveira, professora-autora de Língua Portuguesa


"Sou coordenadora pedagógica e pretendo apresentar uma proposta mais estruturada para os planos de atividades. Hoje, as professoras da minha escola apenas entregam um resumo da atividade e um objetivo, mas há mais elementos que podem ser considerados e que ajudam a direcionar o olhar para a criança."
Vera de Mello, professora-autora de Educação Infantil


"Aprendi a importância de pensar na criança e não apenas no que eu quero ensinar. Antigamente, o professor vinha e apenas transmitia o conhecimento aos pequenos. Agora vi que é possível convidá-los a participar do processo."
Leiry Kelly Oliveira, professora-autora de Educação Infantil


"Porque temos que escrever 15 aulas, tive que planejar a longo prazo. Como professor, estou acostumado a resolver demandas mais urgentes. Com um processo mais longo, muda completamente a intencionalidade das minhas propostas e consigo contemplar tanto os aspectos linguísticos quanto questões sobre os gêneros textuais."
Luiz Henrique Júnior, professor-autor de Língua Portuguesa


"Como professora iniciante - só estou em sala há cinco anos -, aprendi muito sobre a importância de ter aulas bem planejadas e redondinhas para que tenham uma conclusão no fim dos 50 minutos. Com frequência, só encerro a atividade porque o sinal tocou e não porque cheguei até onde queria chegar naquele dia."
Daiane Santos, professora-autora de Língua Portuguesa


"Trabalhei sempre com alfabetização e achei que não conseguiria atuar em outros anos do Ensino Fundamental. Aprendi que no 4º ou 5º ano, trabalhar com a proficiência e a formação de leitores e autores autônomos pode ser tão desafiador quanto o trabalho com o sistema de escrita 1º ano."
Amanda Amaral, professora-autora de Língua Portuguesa


"Costumamos falar que professor dá mais atenção ao aluno que requer mais acompanhamento. Nesse processo, acabamos deixando de lado os que estão além do grupo. De aprendizado, vou dar e receber mais feedbacks dos meus alunos, para eles estarem mais cientes de como estão avançando e do quanto ainda podem avançar. Isso é fundamental para o andamento do trabalho ser mais bem sucedido. Outra coisa que vai para minha prática, com certeza, é que nada está escrito em pedra. Se algo não está dando certo, você para, revê e muda. E mesmo que você não saiba como solucionar, sempre tem alguém que pode te ajudar." 
Amanda Sousa, professora-autora de Língua Portuguesa

"A participação na Virada de Autores me permitiu fazer uma maior reflexão sobre a prática. Quero voltar para minha cidade e aplicar os planos que construímos aqui como se a sala de aula fosse um grande laboratório de experimentações fantásticas. Acho que nesse processo de aplicar os planos, vou descobrir e rever muito das práticas." 
José Gilson Franco, professor-autor de Língua Portuguesa

Tags

Guias