Bolsas para ensino e pesquisa de inglês disponíveis para escolas públicas

Professores e instituições que desejam refletir sobre o ensino da língua estrangeira podem concorrer

POR:
Paula Peres
Imagem: Getty Images

Duas instituições do Reino Unido abrem oportunidades para profissionais que buscam aprimorar o ensino de língua estrangeira nas escolas públicas do Brasil. Veja a seguir mais informações sobre cada uma:

Professores da rede pública

International Association for Teachers of English as a Foreign Language (IATEFL) oferece bolsas para professores de inglês de escolas públicas brasileiras viajarem a Liverpool, na Inglaterra, para participar de um congresso que debate o ensino do inglês como língua estrangeira por professores de diversos países.

O prazo é curto: as inscrições devem ser feitas até o meio-dia de 12 de julho no Brasil (16h no horário do Reino Unido), e o docente que quiser se inscrever deve redigir um texto de 400 a 500 palavras, em inglês.

De acordo com a professora Raquel Ribeiro, que participou do congresso em 2016, o texto deve relatar uma aula bem-sucedida, explicar seu contexto de ensino, listar os fatores que foram decisivos para o sucesso da aula e concluir com suas perspectivas futuras sobre sua prática de ensino.

O nome da bolsa exclusiva para os professores brasileiros é LT123 Brazil State Sector Scholarship, e ela cobre custos de transporte e estadia no congresso. Informações sobre o valor da bolsa e os critérios de seleção podem ser consultadas no edital.

Projetos de pesquisa aplicada

A segunda oportunidade é para universidades públicas e particulares, e institutos federais brasileiros. O British Council pretende financiar, através da UK Brazil English Collaboration Call, projetos de pesquisa em língua inglesa que devem ser feitos em parceria entre uma instituição britânica e uma brasileira.

A proposta é fomentar a pesquisa aplicada em língua inglesa, e uma das linhas de pesquisa que vai receber apoio financeiro é voltada à Educação Básica, com apoio para investigações sobre o aprimoramento do ensino e da aprendizagem de inglês na rede pública brasileira (Ensino Fundamental e Médio).

As instituições têm entre 16 de julho e 21 de setembro para enviar suas propostas no site do British Council. Outras informações podem ser consultadas no edital do programa.