ANÚNCIO
Você sabia que é possível salvar matérias para ler mais tarde? Use o botão Ler mais tarde
Blog Tecnologia na Educação
NE
NOVA ESCOLA

Livros apresentam as tendências da tecnologia na Educação

10 de Novembro 2015 - 05:02

Olá, professor!

Há algumas semanas, listei nesta coluna alguns e-books e cursos gratuitos para os professores que desejam se informar e se capacitar em relação às novas tecnologias educacionais. Agora, quero completar a proposta com três livros – recomendados pelo pessoal da Geekie – que exploram o tema da inovação com profundidade e trazem reflexões importantíssimas para quem ajuda a construir a Educação do século 21. Espero que eles sejam tão úteis para você quanto têm sido para mim.

Ensino Híbrido – Personalização e Tecnologia na Educação
Organizadores: Lilian Bacich, Adolfo Tanzi Neto, Fernando de Mello Trevisani, 270 págs., Ed. Penso, tel.: 0800 703 3444, 50 reais.

A provocação do livro: Cada um aprende de um jeito e possui necessidades e ritmos diferentes. Então, por que ensinar de uma única maneira? O ensino híbrido é uma das grandes tendências do século 21 por permitir a personalização do ensino, respeitando a forma de cada aluno aprender.

Por que é bacana: Como explica Rita André, assessora pedagógica da Geekie que indicou o livro:O termo ‘híbrido’ significa misturado, combinado ou mesclado. Segundo os autores do livro, a Educação é híbrida por natureza, já que aprendemos tanto por meio de processos organizados quanto por processos abertos e informais, quando estudamos e quando nos divertimos. Dessa forma, os autores refutam a ideia da obrigatoriedade de um computador por aluno e de uma internet ‘potente’. O ensino híbrido pode ocorrer tanto em escolas com uma sofisticada infraestrutura de tecnologia como naquelas com menos recursos”. A obra explica os conceitos básicos que envolvem o tema e mostra, com diversos exemplos práticos, como o uso de plataformas adaptativas, disponíveis em ambientes online, permite ajudar a sanar as lacunas de aprendizagem e como elas têm se mostrado excelentes aliadas na intermediação da comunicação entre professores e alunos.

 

 

Educação e Tecnologias: O novo ritmo da informação
Vani Moreira Kenski, 144 págs., Editora Papirus, (19) 3790.1300, 39,90 reais.

A provocação do livro: As tecnologias, em especial as mídias digitais, trazem novas possibilidades para que as pessoas possam se relacionar entre si e com os conhecimentos. As mudanças provocadas por esses novos recursos têm sido tão intensas que não se trata apenas de incorporar seus elementos à sala de aula, mas de de transformar a maneira como se ensina e se aprende.

Por que é bacana: O livro explora os desafios que envolvem essa nova condição e sugere formas de se lidar com eles, citando experiências brasileiras bem-sucedidas realizadas em escolas públicas. É fundamental, por exemplo, a adoção de propostas dinâmicas de aprendizagem que valorizem o desenvolvimento não apenas cognitivo e cultural, mas também ético, político, lúdico e estético dos alunos. O mundo exige uma formação sólida para o exercício da cidadania e do trabalho com liberdade e criatividade, e a proposta defendida é a de ampliar o sentido de educar e reinventar a função da escola, abrindo-a para novos projetos e oportunidades que ofereçam condições de formar cidadãos ativos e inovadores.

 

Games em Educação: Como os nativos digitais aprendem
João Mattar, 208 págs., Ed. Pearson Prentice Hall (2010), (11) 3821-3500, 65,45 reais.

A provocação do livro: As escolas de hoje, segundo o autor, não estão suficientemente preparadas para diversos desafios da era digital. As fronteiras entre trabalho, diversão e aprendizagem estão desaparecendo, por exemplo. As fontes tradicionais de autoridade estão enfraquecidas por novas experiências que permitem aprender qualquer coisa a qualquer momento, o que exige que se repense o modo como se ensina. E os elementos tecnológicos tão presentes no cotidiano dos estudantes não têm espaço na maioria das salas de aula. Os games são um caminho possível para aproximar os sistemas educacionais ao mundo digital.

Por que é bacana: Ao lado do conceito de ensino híbrido, a gamificação é outro amplamente discutido na Educação do século 21. O livro aborda tanto a teoria quanto a prática: os leitores vão entender o estilo de aprendizagem dos nativos digitais, vão saber como aproveitar os recursos de jogos, como Age of Empires, em benefício do processo de ensino e aprendizagem e até mesmo aprender a criar seus próprios games educacionais.

E você, conhece outros livros bacanas sobre tecnologia na Educação? Compartilhe conosco nos comentários!

Um abraço,
Claudio Sassaki

ANÚNCIO
LEIA MAIS
OUTROS BLOGS