Secretário do Espírito Santo será novo secretário-executivo do MEC

Haroldo Rocha vai ocupar o cargo deixado por Maria Helena Guimarães

POR:
NOVA ESCOLA
O secretário de Educação do Espírito Santo Haroldo Rocha vai assumir o cargo de secretário-executivo do MEC   Foto: SECOM-ES


Haroldo Rocha será o novo secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC). O secretário de Educação do Espírito Santo vai ocupar o cargo deixado por Maria Helena Guimarães, que pediu exoneração em maio. Rocha deve tomar posse já na próxima semana.

LEIA MAIS   BNCC: entenda a construção dos currículos (e como participar)

Como secretário da Educação na segunda gestão do governo de Paulo Hartung, Haroldo Rocha teve como uma de suas principais vitrines a implantação do programa Escola Viva, que tem por objetivo implementar um novo modelo de escola pública, em que professores e alunos desenvolvem juntos as competências de olho no mercado de trabalho.

Em 2017, ele estava à frente da rede de ensino que obteve o melhor resultado no Pisa. Segundo ele, o século 21 apresenta um desafio extra para a escola, que é se preocupar com o desenvolvimento acadêmico e cognitivo, o que inclui ler, escrever, dominar as operações matemáticas e interpretar a história. Em entrevista à Folha de S. Paulo, ele afirmou que a escola precisa ensinar hoje as crianças a administrar suas emoções, trabalhar em equipe, ter persistência e resiliência. O governo capixaba instituiu a avaliação de impacto de política públicas como lei estadual. "Educação é a política pública mais avaliada no país, mas é preciso ter consequências. Se o aluno não está aprendendo, temos que fazer algo a respeito", afirmou Haroldo ao jornal.

Em entrevista a NOVA ESCOLA sobre a construção de currículos alinhados à Base, Haroldo disse: “O nosso desafio é construir um documento que seja otimizado e flexível para atender à diversidade regional do estado. Mas estamos percorrendo todas as regionais desde o ano passado com conversas sobre a Base”. A secretaria de Educação do Espírito Santo abriu espaço para discussão do currículo e Haroldo já previa programas de formação para os professores em abril. “Tem um capítulo importante nesse processo que é a formação dos professores que estão em sala, prevista para ter início em outubro, a fim de colocar o currículo em prática em 2019”, explica o secretário. 

Rocha é formado em ciências econômicas pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e atuou como professor universitário na Ufes. Ele foi pró-reitor de Administração da Ufes, secretário de Planejamento da prefeitura de Vitória, diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) e secretário de Estado da Educação do Espírito Santo entre 2007 e 2010. Em 2015, ele assumiu novamente a Secretaria de Educação do Espírito Santo, com a promessa de dar prioridade à Educação básica.

Tags

Guias