Virada de Autores: professores protagonistas fortalecem aprendizado do aluno

Durante o treinamento dos selecionados para o Time de Autores de Ciências e Inglês, os professores voltaram a ser alunos e trabalharam de forma colaborativa

POR:
Soraia Yoshida
Professores de Ciências e de Inglês posam para foto durante Virada de Autores   Foto: Mariana Pekin

"A vontade de crescer e ver os outros crescendo". "Vontade de compartilhar o que aprendo". "A possibilidade de passar conhecimento adiante que faça diferença na vida de alguém". Reencontrar a sensação de maravilhamento que fez muita gente escolher a carreira de Educação foi uma das marcas da Virada de Autores NOVA ESCOLA. Envolvendo quase 100 professores, mentores, assessores pedagógicos, além da equipe da Associação Nova Escola, a Virada reuniu os selecionados para criar os novos planos de aula de Ciências e Inglês que serão disponibilizados para docentes em todo o país. Antes de colocar a mão na massa, eles passaram por treinamentos, dinâmicas de grupo, oficinas e palestras para rever seu processo de ensino e, lá na frente, compartilhar essa aprendizagem em sala de aula.

"Eu passei todo o tempo da minha licenciatura ouvindo que o aluno precisa ser protagonista em aulas expositivas. Hoje foi a primeira vez que eu fui protagonista em uma aula como aluna"

Vindos de 37 cidades e 18 estados, os professores têm pela frente o desafio de produzir 700 planos de aula de Ciências e 300 de Inglês, que marcam um avanço rumo aos 6 mil planos, com todas as disciplinas alinhadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), e que estarão disponíveis no site de Nova Escola. Os primeiros 1.500 planos de Matemática foram lançados em março e estão sendo usados

. O projeto é uma parceria entre NOVA ESCOLA, Fundação Lemann e Google.org. A missão é colocar professoras e professores brasileiros, de escolas públicas e privadas, no lugar de autores de materiais sobre os processos de ensino e aprendizagem.

Conheça o projeto Time de Autores

Equipe de Ciências durante oficina de STEM   Foto: Mariana Pekin

"É muito recompensador encontrar professores de várias partes do Brasil que ainda acreditam que a gente pode mudar o país através da Educação, que são apaixonados pelo que fazem e estão dispostos a aprender novas formas de colocar o aluno no centro do aprendizado", afirma Juliana Cavalcante, gerente de Produtos Pedagógicos de Nova Escola, área responsável pelos planos de aula.

"Medo, ansiedade, aprendizado, confiança, medo, receptividade, carinho, cuidado, medo, vontade, companheirismo, cooperação, determinação, objetivo, aprendizado......obrigada por tudo isso!"

Oficina literária de Inglês na Virada de Autores   Foto: Mariana Pekin

Um dos destaques do formato desenvolvido por Nova Escola é que os professores vão encontrar nas orientações algumas dicas para antecipar erros ou dificuldades que os alunos podem ter e oferece sugestões de boas perguntas que podem ser feitas aos estudantes.

Os professores passaram por uma formação, antes de mergulhar da Virada. Durante o treinamento, eles puderam assistir a aulas e participaram de dinâmicas e oficinas, como o STEM (que incentiva o aprendizado criativo) para a turma de Ciências e uma oficina literária (envolvendo novas formas de olhar a poesia) para os professores de Inglês. "Os professores experimentaram novas práticas que colocam o aluno como protagonista e por isso tivemos atividades de reflexão que permitiram aos professores se sentirem como alunos e serem protagonistas do seu próprio aprendizado", diz Ana Ligia Scachetti, gerente pedagógica dos planos de aula.

"O jeito como vocês humanizam o processo
de produção dos planos de aula é incrível!"

"O plano dá uma possibilidade de aquele professor que talvez não saiba a fundo aquele conteúdo de aprender juntamente com seus alunos", afirma Lilian Bacich, assessora pedagógica de Ciências. "A hora que ele traz essa discussão para a sala de aula e todo mundo sai pesquisando, ele também pode se colocar na postura de pesquisador e encontrar respostas que nem sempre foram contempladas na formação dele", diz a assessora pedagógica Lilian Bacich. Ela liderou uma equipe de especialistas nas atividades e na produção dos planos, ainda durante o treinamento.

Para Sandra Durazzo, assessora pedagógica, os novos planos de aula poderão contribuir para o empoderamento dos jovens. "O papel da Base é oferecer uma possibilidade de colocar os nossos alunos para saber coisas e essas coisas farão muita diferença na formação, principalmente o olhar do aluno para si mesmo", afirma.

"A Nova Escola faz parte da carreira de todo professor
é onde a gente busca os nossos primeiros planos de aula"

Ficou interessado em fazer parte dessa iniciativa? Os processos seletivos para Língua Portuguesa e Educação Infantil estão abertas até o dia 13 de maio.

Professores dançam no último dia da Virada de Autores   Foto: Mariana Pekin

Tags

Guias

Tags

Guias