Ir para o conteúdo Pular para o menú principal
ANÚNCIO
Você sabia que é possível salvar matérias para ler mais tarde? Use o botão icone ler mais tarde Ler mais tarde
icone menu

Perigo: lixo tecnológico

Mostre em classe como baterias e pilhas velhas causam terríveis danos ao meio ambiente

por:
NE
NOVA ESCOLA

Em 5 de junho comemora-se o Dia do Meio Ambiente. A data é apropriada para discutir em sala de aula os males causados à natureza pelos detritos que cada um de nós joga na lixeira de casa. "Muita gente acha que, depois de levado pelo caminhão, o lixo simplesmente desaparece" diz Angela Saraiva, produtora do 5 Elementos ? Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental, de São Paulo. Ao contrário. Além de não se desintegrarem, alguns dos detritos contaminam o solo, os lençóis freáticos e, no fim das contas, o próprio homem. Pilhas e baterias estão nesse rol de objetos altamente prejudiciais. Elas contêm metais pesados, como chumbo, cádmio, zinco e mercúrio, em níveis que podem causar sérios dados à saúde (veja o quadro abaixo).

Por sua gravidade, o problema - felizmente ? está chamando a atenção das autoridades. A partir do mês de julho, graças à resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente, pilhas e baterias usadas que contenham metais pesados acima do permitido pela legislação devem ser entregues aos revendedores, que, por sua vez, ficam com a obrigação de devolvê-las aos fabricantes. Avise aos alunos que as embalagens têm de informar se o produto pode ir para o lixo comum ou deve ser enviado ao fabricante para reciclagem.

Metais pesados prejudicam a saúde




Concurso de cartazes

A química Martha Reis sugere uma pesquisa para começar a falar no assunto em classe. "Peça aos alunos que perguntem aos familiares, amigos e vizinhos o que fazem com pilhas e baterias usadas", sugere. O destino mais provável, prevê ela, será a lixeira de casa. Parta dessa informação para mostrar o caminho que os metais pesados percorrem na natureza, desde que chegam aos lixões. Para isso, utilize o infográfico abaixo.Em seguida, proponha um concurso de cartazes para divulgar o impacto causado pelas pilhas e baterias no meio ambiente e o que a nova legislação estabelece. Decida com a turma critérios de avaliação e classificação e defina junto com os alunos como premiar os cartazes vencedores (a exposição nos corredores ou em algum espaço comunitário é uma boa idéia). "Essa atividade estará contribuindo para a formação de cidadãos capazes de atuar sobre a realidade de modo ético, como prevêem os Parâmetros Curriculares Nacionais ao tratar dos temas transversais", conclui Martha Reis.

O lixo acaba voltando para casa


Os metais liberados por pilhas despejadas a céu aberto contaminam o solo e a água



A - Nos depósitos, pilhas e baterias ficam expostas ao Sol e à chuva e se oxidam. Abertas, deixam escapar os metais pesados, que se misturam ao líquido formado no lixo

B - Com novas chuvas, o líquido infiltra-se no solo, atingindo o lençol freático

C - Essa água, usada na irrigação agrícola, contamina legumes, frutas e verduras. Nas cidades, ela também é prejudicial, já que os sistemas de tratamento não eliminam os metais pesados

Quer saber mais?

Martha Reis, R. Rui Brabosa, 156, CEP 01326-010, São Paulo, SP, e-mail: marcos.martha@originet.com.br

5 elementos - Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental, R. Caraíbas, 1163, CEP 05020-000, São Paulo, SP, tel. (11) 3871-1944, internet: www.5elementos.org.br

ANÚNCIO
LEIA MAIS