Qual a diferença entre medicamentos de marca, similares e genéricos?

Medicamentos

POR:
Neuma Machado

O genérico pode substituir perfeitamente um remédio de marca (o original patenteado pelo laboratório que o criou) porque possui o mesmo princípio ativo deste e foi submetido a testes que comprovam que é idêntico do ponto de vista clínico ao medicamento tradicional. O exame mais importante é o de bioequivalência, que mostra se os produtos têm exatamente a mesma absorção no organismo. Já o similar, apesar de ter o mesmo princípio ativo, não passa pelos exames, porque pode apresentar diferenças na hora da absorção.

Como identificá-los? É simples: pela embalagem e pelo nome do produto. O remédio original quase sempre foi criado por um laboratório multinacional. O similar (produzido por outro laboratório) deve ter, pela lei brasileira, um nome comercial. E o genérico traz no rótulo apenas o princípio ativo ? não tem marca ? e uma indicação clara de que se trata de um genérico.

Foto: Evelyn Müller
Foto: Evelyn Müller

Resposta do professor Humberto Gomes Ferraz, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo

Compartilhe este conteúdo:

Deixe seu email e mantenha-se atualizado para assuntos de saúde na educação

Tags

Guias

Tags

Guias