Por que a arte barroca brasileira é considerada mais simples que a europeia?

Barroco

POR:
Beatriz Santomauro, Rita Trevisan, NOVA ESCOLA, Luana Villac
Profeta Amos, escultura de Aleijadinho. Foto: Carol do Valle

Barroco brasileiro

Capricho  Para muitos pesquisadores, o barroco é a primeira manifestação artística genuinamente nacional, já que nossos artistas imprimiram elementos da cultura negra e mulata sem copiar o modelo europeu. 
Artista  Esculturas de Aleijadinho, apelido de Antônio Francisco Lisboa (1730-1814), como a do profeta Amos, em Congonhas, Minas Gerais, estão entre as mais significativas obras do barroco brasileiro.

Anjo da ponte de Sant'Angelo, escultura do italiano Gian Lorenzo Bernini. Foto: Andrea Jemolo/Akg-Images/Latinstock

Barroco europeu

Capricho  No barroco europeu encontram-se obras com traços mais elaborados, pesados, dramáticos e sofisticados do que nas peças brasileiras. 
Artista  Gian Lorenzo Bernini (1598-1680), escultor do anjo da ponte de Sant'Angelo, em Roma, é um dos mais importantes expoentes do barroco.

A arte barroca europeia surgiu no século 17 e espalhou-se por diversos países. No Brasil, chegou com os imigrantes portugueses 100 anos depois e foi marcante principalmente em Minas Gerais. Por ter sido adotada em contextos históricos tão diferentes, a qualidade de profissionais, a variedade de materiais e o estilo variam, até porque a Europa já tinha um histórico de produção artística e no Brasil os artistas eram autodidatas.


Consultoria Heloisa Dallari, professora de História da Arte da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), em São Paulo, SP. Pergunta enviada por Aurélia Regina Martins, Cuiabá, MT


Na dúvida? NOVA ESCOLA responde

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias