Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Notícias
13 de Março de 2018 Imprimir
5 4 3 2 1

Programa de banda larga pode beneficiar até 7 mil escolas este ano

A previsão do governo é que outras 20 mil escolas recebam internet mais rápida em 2019

Por: NOVA ESCOLA
A promessa do governo é que todas as escolas públicas tenham acesso a internet rápida   Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Pelo menos sete mil escolas federais, estaduais e municipais devem receber, ainda este ano, banda larga para uso de professores e alunos. O programa, assinado pelo presidente Michel Temer e pelo ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, prevê internet para outras 20 mil escolas em 2019.

LEIA MAIS   Os youtubers estão mudando o jeito de ensinar

De acordo com o Ministério de Ciência e Tecnologia, na parceria com Educação, a intenção é que todas as escolas públicas tenham acesso a banda larga.

A iniciativa, que é parte do programa Internet para Todos, abrange 2.260 cidades, que receberão internet por meio do satélite geoestacionário lançado em maio do ano passado. Os prefeitos que aderirem ao programa terão acesso à internet e apreços reduzidos.

As prefeituras devem indicar o local para instalação das antenas e vão garantir a segurança e custos de energia gerados pelos equipamentos. As outras despesas ficarão por conta da União. As primeiras antenas começarão a ser instaladas em maio, com previsão de 200 por dia. A Telebras contratou a empresa norte-americana Viasat para o programa.

A promessa de universalizar o acesso à internet no Brasil também foi alvo do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), em 2010, e o Brasil Inteligente, em 2016.

Para assinaturas da revista impressa