Paula Regina de Vargas

Para que a turma de 1º ano refletisse sobre os tipos de desenho, a professora de Montenegro, RS, apresentou as diversas fases da obra de Iberê Camargo (1914-1994)

POR:
Anderson Moço
Foto: Tamires Kopp
Prêmio Victor Civita - Educador Nota 10

Nas aulas para o 1º ano, a professora Paula Regina de Vargas se incomodava com a resistência das crianças ao desenhar. Reclamando da falta de um modelo para reproduzir, elas concebiam obras muito parecidas, como se só fosse possível representar casas, pessoas e objetos de uma única maneira.

Para mostrar que cada artista tem seu percurso criador, Paula preparou uma sequência didática com foco na representação de árvores. Apresentou quadros de artistas que traziam a vegetação como um elemento de destaque, de Piet Mondrian (1872-1944) a Tarsila do Amaral (1886-1973), passando por pintores e escultores gaúchos.

Para aprofundar o trabalho, Paula levou as crianças a um parque da cidade, mostrando que na natureza não havia árvores com apenas uma aparência. Estimulados pelas novas referências e por debates em grupo, os alunos produziram uma série de desenhos e colagens sobre o tema. Dessa vez, não precisaram copiar, pois já confiavam na própria criação. "A intenção foi demonstrar aos pequenos que eles sabiam desenhar", conta.

Paula Regina de Vargas

EMEF Adolfo Schüler, Montenegro, RS
Disciplina Arte
Conteúdo Desenho
Ano

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias