Acre abre 150 vagas para educação indígena

Profissionais com nível médio completo poderão concorrer ao processo seletivo

POR:
Gabriel Seixas
Cruzeiro do Sul (AC): inscrições vão até o dia 8 de março   Foto: Wikimedia Commons/Wikipedia

A Secretaria de Gestão Administrativa (SGA) e a Secretaria de Educação e Esporte (SEE) do Acre abriram processo seletivo para a contratação temporária de 150 professores que atuarão na educação indígena.

Ao todo são três tipos de vagas que diferem pelo nível de formação exigida e a carga horária de trabalho. Os cargos de Professor P1 e Professor PS2 são para jornadas de 25 e 30 horas, que exigem do candidato, ao menos, nível médio completo. Já o cargo de Professor P2 exige nível superior completo com licenciatura plena intercultural para 30 horas de trabalho.

Os candidatos vão ministrar aulas para as tribos Ashaninka, Jaminawa, Jaminawa - Igarapé Preto, Jaminawa Arara, Katukina, Kaxinawa, Kuntanawa, Madija, Manchineri, Nawa, Nukini, Puyanawa, Shanenawa, Shawadawa e Yawanawa.

Os salários oferecidos vão de R$ 954,00 a R$ 2.162,41 dependendo do cargo.

Os interessados podem realizar sua inscrição, até o dia 8 de março, no site da secretaria. A seleção dos inscritos se dará por meio de análise curricular. Confira o edital completo para todos os detalhes.