Compartilhe:

Jornalismo

Edição 302

Apesar de polêmico, o diálogo do currículo e das práticas escolares com a fé individual de alunos, professores e famílias é possível. Veja como respeitar as tradições religiosas sem fazer proselitismo

Por

11/05/2017