Compartilhe:

Jornalismo

Ensino Médio: os desafios da retomada presencial na rede pública

Reportagem em vídeo mostra dia a dia de escola paulista e apresenta as ações pedagógicas que foram colocadas em prática para a recomposição de aprendizagem

PorNOVA ESCOLA

09/05/2022

Primeiro vídeo da séria Recomposição da Aprendizagem - Ensino Médio. Conheça a experiência e os desafios encontrados pela E.E Eliza Raquel Macedo de Souza, em Guaianazes (SP), para fazer a priorização das habilidades e competências essenciais.
Crédito: Bruno Mazzoco e Rogério Assis/NOVA ESCOLA

Em 2022, diversas redes de ensino começaram a implementar o Novo Ensino Médio – entenda aqui o que mudou na etapa. Aliado a isso, temos os desafios da retomada presencial pós-pandemia e os esforços de recomposição de aprendizagens.

Na Escola Estadual Eliza Raquel Macedo de Souza, em Guaianazes, na zona leste de São Paulo (SP), esse trabalho já foi iniciado. As equipes gestora e docente precisaram realizar uma força-tarefa para identificar as prioridades para enfrentar os desafios apresentados pelas turmas de Ensino Médio. Diante das dificuldades demonstradas pelos estudantes, o coordenador Diogo Souza Cardozo conta que realizaram uma avaliação diagnóstica aprofundada para contribuir com o planejamento dos professores. 

Essa é apenas uma das ações realizadas pela instituição para fazer a recomposição de aprendizagens. Na reportagem em vídeo a seguir, é possível conhecer um pouco das estratégias adotadas na escola. Boa parte delas pode ser adaptada para o Ensino Fundamental. 

Este conteúdo faz parte do projeto Recomposição de Aprendizagem no Ensino Médio. Confira aqui os demais conteúdos produzidos.

continuar lendo