Compartilhe:

Jornalismo

20 cursos para começar o ano investindo nos seus estudos

Selecionamos 20 formações – a maioria delas gratuitas – para você se aprimorar e se atualizar em várias áreas.

PorMaggi Krause

17/01/2022

Crédito: Getty Images

Por serem online e em plataformas de aprendizagem, os cursos estão cada vez mais adaptáveis a agenda de todo mundo. Que tal iniciar o ano garantindo horários de estudo na sua rotina? Você verá que em pouco tempo, com empenho e coragem, pode conquistar novas aprendizagens sem grandes sacrifícios – e o que é melhor, poderá levar as novidades do que aprendeu para a escola.

Com a Base Nacional Comum Curricular e o Novo Ensino Médio é impossível ficar parado esperando as inovações se concretizarem no ambiente escolar. Elas dependem de você para acontecer! Então, selecione algum percurso nesse cardápio a seguir. Se as alternativas não forem exatamente na medida do seu interesse, navegue pelas plataformas sugeridas e é possível que encontre outras opções – não deixe também de conferir o catálogo de cursos NOVA ESCOLA.

COMPETÊNCIAS SOCIOEMOCIONAIS

  1. Instituto Ayrton Senna – Espaço Educador

Competências Socioemocionais na Escola, Educação Integral, e Criatividade e Pensamento Crítico são algumas das opções gratuitas e autoformativas do Instituto Ayrton Senna. É preciso ficar de olho para saber quando irão abrir novas turmas. Os cursos têm cargas horárias variadas e são divididos em módulos de 2 horas. Todos os conteúdos são alinhados à Base Nacional Comum (BNC) para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica.

Especial Competências Socioemocionais

Confira conteúdos especiais para auxiliar professores e gestores a usar as competências a favor da aprendizagem e bem-estar

  1. Jornadas de aprendizagem Vivescer

Iniciativa do Instituto Península, a Vivescer é uma plataforma de aprendizagem gratuita pensada para apoiar os professores no lado pessoal e no profissional. São ofertadas quatro formações que colaboram para desenvolver competências relacionadas a cada dimensão do ser humano: corpo, emoções, mente e propósito. Cada uma tem 32 horas de duração e seu término dá direito a certificado emitido pelo Instituto Singularidades. 

EDUCAÇÃO INFANTIL E ALFABETIZAÇÃO

  1. Experiência e o protagonismo: a BNCC na Educação Infantil

Abrigado na plataforma Polo, do Itaú Social, o curso é gratuito, autoinstrucional e tem duração de 20 horas. A formação apresenta, de forma prática, quais foram as mudanças propostas pela BNCC da Educação Infantil, aprofunda-se nos campos da experiência, relaciona interações e brincadeiras ao desenvolvimento infantil e incentiva práticas pedagógicas que privilegiem a criança e valorizem o protagonismo.

  1. Infâncias e Leituras

Esta formação propõe que as práticas de leitura do adulto, para e com a criança, sejam uma oportunidade de fortalecer vínculos com os pequenos. Durante 20 horas, também é explicado o papel dos mediadores de leitura e são apresentados critérios de seleção de livros para montar uma biblioteca para crianças de zero a 6 anos. Ele é gratuito e pode ser acessado na plataforma Polo, do Itaú Social. 

  1. Escrita por meio do professor

E se as crianças ditassem o texto para o professor? Essa prática permite que elas sejam inseridas, desde muito cedo, na linguagem escrita. Este curso online e gratuito orienta o alfabetizador a ter critérios de seleção de livros e leituras para os alunos e apresenta estratégias de textualização, revisão do texto, ilustração e formas de publicação do que foi escrito. A formação pode ser acessada no Portal Trilhas, do Instituto Natura, e tem carga de 45 horas. 

Intensivo de Alfabetização

Dividido em dois cursos, que totalizam 60 horas de formação, aprofunde-se nas principais correntes de ensino de alfabetização e conheça recursos para inovar na alfabetização utilizando metodologias ativas e gêneros textuais.

  1. A didática da alfabetização na prática

A alfabetização pressupõe um processo reflexivo, ativo e interativo das crianças (e entre elas) para se apropriarem da língua escrita. Essa formação explora exemplos de situações didáticas para possibilitar a aprendizagem e o domínio do sistema alfabético e das práticas sociais da leitura e da escrita. O curso tem início em 21 de março na plataforma virtual CEDAC e duração de 30h. O valor do investimento é de R$ 900 (desconto de 20% com o cupom NOVAESCOLA, e 30% para profissionais de redes públicas e ONGs). Inscrições a partir de 26/01. 

ARTES VISUAIS

  1. Arte na Escola Contemporânea

A versão autoinstrucional do curso do Instituto Arte na Escola é dividida em quatro módulos que podem ser trilhados no ritmo do cursista. As aulas propõem que o educador transforme a sala de aula em campo de experimentação e pesquisa artística. São 120 horas que podem ser cursadas em até 12 meses. O investimento total é de R$ 360. Além de acesso aos conteúdos digitais exclusivos, dá chance de trocar experiências com professores de todo o Brasil.

  1. (Per)curso sobre Processo de Criação Leda Catunda, (Per)curso sobre Processo de Criação Siron Franco, combo de 2 percursos

Os artistas contemporâneos Leda Catunda e Siron Franco compartilham experiências que os professores podem conduzir com crianças e jovens. Os cursos evidenciam a linguagem única de cada artista e despertam uma série de provocações pedagógicas. O combo com os dois percursos (cada um com 30 horas de formação autoinstrucional) do Instituto Arte na Escola tem valor promocional de R$ 110 reais por tempo limitado. 

ENSINO HÍBRIDO E TECNOLOGIA

  1. Ensino Híbrido: Personalização e Tecnologia na Educação

O curso online de 40 horas será ministrado pelos especialistas em metodologias ativas Lilian Bacich e Fernando Mello Trevisani. Eles orientam como o professor pode personalizar o ensino usando recursos digitais, alternando presencial e a distância e momentos individuais e em grupo. A formação é gratuita, tem início em janeiro e pode ser encontrada na plataforma Coursera.  

  1. Ensino híbrido na prática para docentes

Disponível na plataforma Polo, do Itaú Social, o curso traz técnicas e estratégias de aprendizagem que mesclam atividades remotas e presenciais. O ensino híbrido é apresentado como forma de otimizar o planejamento e apoiar a construção de um novo modelo escolar. A formação é gratuita e tem carga horária é de 20 horas.

Trilha ensino híbrido

São seis cursos gratuitos que tratam de forma organizada e prática de modelos híbridos de trabalho possíveis de serem realizados em salas de aula presenciais, híbridas e remotas. No total são 54 horas de formação.

  1. Produção colaborativa de conhecimento: redes para multiplicar e aprender

As autoras Silvia de Oliveira Kist e Patrícia Behling Schäfer, doutoras em educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, explicam como diferentes tecnologias têm potencial para incentivar construções coletivas de conhecimento, fortalecer as conexões com os alunos e criar redes colaborativas dentro e fora da escola. Este curso mediado acontece entre 17/01 e 14/02, tem carga horária é de 50h e pode ser feito gratuitamente na plataforma Escolas Conectadas.

  1. Laboratório de criação de vídeos de bolso

A formação explora o potencial pedagógico da criação de vídeos e trata do roteiro à edição final. Esse tipo de produção favorece aprendizagens e o desenvolvimento de competências fundamentais, como autoria, comunicação, síntese, colaboração, resolução de problemas e negociação de pontos de vista. O curso gratuito é acontece de 17/01 a 14/02 na plataforma Escolas Conectadas e tem carga horária de 20h.   

ENSINO MÉDIO

  1. Desenvolvendo a competência leitora e escritora na resolução de problemas

Esta formação do Mathema propõe atividades para melhorar a competência leitora em Matemática e traz reflexão sobre o uso de textos de livros didáticos, paradidáticos e jornalísticos como possibilidades para trabalhar a leitura nas aulas de Matemática. O curso é autoinstrucional, com duração de 10 horas. O valor do investimento é de R$ 77,99, que pode ser parcelado em até 8 vezes.

  1. Nosso Ensino Médio

Este programa gratuito de formação continuada foi criado para contribuir com o desenvolvimento profissional de educadores e apoiar a implementação dos novos currículos de Ensino Médio. Inspirado nas novidades na etapa de ensino, as trilhas de aprendizagem são divididas entre a formação geral básica e os itinerários formativos, isto é, o cursista pode customizar o seu percurso de acordo com suas necessidades.

  1. Caminhos do STEM

Este curso gratuito e autoformativo, com duração de 20h, é divido em seis módulos que explicam o STEM (sigla em inglês para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática), abordagem que estimula o desenvolvimento de um aprendizado inovador, criativo e investigativo que leva em consideração com as demandas cotidianas dos estudantes.

Metodologias Ativas e STEM

São quatro cursos sobre estratégias para aplicar em aula, aprendizagens baseadas em projetos, e inovação sem tecnologia


INCLUSÃO

  1. Planejamento pedagógico na perspectiva inclusiva

Quem termina este curso de 6 horas sabe analisar criticamente as etapas de um planejamento pedagógico inclusivo, consegue adaptá-lo ao seu território e à sua realidade escolar. A formação gratuita é oferecida na recém-inaugurada plataforma de Ensino a Distância (EaD) do Instituto Rodrigo Mendes (IRM), em parceria com a Fundação Lemann, mantenedora de NOVA ESCOLA, e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

  1. Portas abertas para a inclusão, educação física inclusiva

Sucesso desde 2018, essa formação do IRM já passou de 100 mil inscritos e impactou mais de 800 mil estudantes em mais de 32 mil escolas. São sete módulos que abordam diversos temas da inclusão de pessoas com deficiência na Educação: histórico e legislação, acessibilidades, práticas inclusivas e conceitos de educação física inclusiva. São 40 horas de estudos são ofertadas pelo UNICEF e pelo IRM, com o apoio da Fundação Barça, de forma gratuita.

LÍNGUA INGLESA

  1. Teaching Pathways: how to teach speaking

Com duração de quatro semanas, o novo curso on-line gratuito do British Council aborda como desenvolver as habilidades de speaking (conversação), com técnicas e atividades para que professores de inglês promovam a comunicação oral em sala de aula, para várias idades e níveis. As aulas deram início 11 de janeiro, mas é possível inscrever-se até o fim do mês.

Conheça os cursos de inglês para professores

Trilha Lift é gratuita e tem formação para quem está iniciando na língua inglesa e também traz possibilidades de situações e interações para colocar em prática em sala de aula. São mais de 400 horas de aprendizagem.


PARA GESTORES

  1. Um PPP para os contextos atuais

O curso traz reflexões, conceitos e práticas que auxiliam gestores escolares a revisar de forma participativa do projeto político-pedagógico (PPP) considerando as necessidades e expectativas colocadas para a escola após a pandemia. Realizado em três módulos de atividades assíncronas e 4 encontros síncronos, a formação mediada acontece pela plataforma CEDAC Virtual. O início será em 21 de março e terá duração total é de 30 horas. O investimento para profissionais da rede pública é de R$ 630.

  1. Ciclo de Minicursos - Educação Básica: Práticas e Didáticas

A Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica, parceria com o Instituto de Estudos Avançados da USP (IEA) e o Itaú Social, que contribui para políticas de formação e reconhecimento dos professores, oferece minicursos periódicos, gratuitos e abertos ao público. Enquanto não sai a programação de 2022, é possível resgatar o material do ano passado. Acadêmicos especialistas em suas áreas, como Lino de Macedo, Diana Vidal e Bernardete Gatti têm palestras gravadas e disponíveis no YouTube da Cátedra.

continuar lendo